Marcello Zambrana/Divulgação
Marcello Zambrana/Divulgação

Bellucci sofre, mas derrota Lapentti na estreia em Quito

Brasileiro derrota 307º colocado do ranking da ATP e dono da casa para avançar no torneio após jogo duro que terminou em 2 sets a 1

Estadão Conteúdo

04 de fevereiro de 2015 | 08h54

Em jogo encerrado apenas na madrugada desta quarta-feira (no horário de Brasília), Thomaz Bellucci sofreu, mas estreou com vitória no Torneio de Quito. Mesmo atuando diante do atual 307º colocado do ranking da ATP, o equatoriano Giovanni Lapentti, o tenista número 1 do Brasil e 72º do mundo precisou jogar três sets para seguir em frente no ATP 250 realizado no Equador.

Bellucci venceu por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/7 (4/7) e 6/2, e foi à segunda rodada da competição, na qual terá pela frente o argentino Horacio Zeballos, atual 124º da ATP, que na estreia derrotou o norte-americano Austin Krajicek por 7/6 (7/3) e 6/4.

Essa foi, por sinal, a primeira vitória de Bellucci em três confrontos com Lapentti, que havia levado a melhor sobre o brasileiro em duelos realizados em 2006, em Piracicaba, e em 2007, justamente em Quito, então em competições que não faziam parte do circuito principal da ATP.

Para finalmente conseguir superar o experiente rival de 32 anos de idade, Bellucci jogou por duas horas e 24 minutos. Neste período, o tenista paulista aproveitou quatro de dez chances de quebrar o saque de Lapentti, que converteu apenas um de sete break points no duelo, mas mesmo assim conseguiu ganhar um set no tie-break. Bem na primeira e na última parcial, o número 1 do Brasil também acumulou 14 aces e ganhou 78% dos pontos que disputou quando encaixou o seu primeiro serviço.

Já o brasileiro Andre Ghem acabou eliminado já em sua estreia em Quito. Em jogo encerrado no final da noite de terça-feira, ele caiu por duplo 6/4 diante do dominicano Victor Estrella, oitavo cabeça de chave da competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.