Yasuyoshi Chiba|AFP
Yasuyoshi Chiba|AFP

Bellucci surpreende Nishikori e fará duelo brasileiro nas oitavas do Rio Open

Número 1 do País ganha do japonês por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3

Estadao Conteudo

21 Fevereiro 2017 | 21h26

O brasileiro Thomaz Bellucci fez a festa da torcida carioca na noite desta terça-feira. Com ótimo público na quadra central do Jockey Club, o tenista número 1 do País surpreendeu aquele que é o quinto melhor do mundo ao derrotar até com certa facilidade o japonês Kei Nishikori por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3, na estreia do Rio Open.

Empurrado pela torcida, Bellucci mostrou-se em dia inspirado e despachou Nishikori em somente 1h19min. O japonês era o favorito não só desse confronto, como de todo o torneio, uma vez que possui o melhor ranking entre todos os participantes.

Justamente por esta disparidade - o brasileiro é somente o 76.º do mundo -, Bellucci lamentou ao ser sorteado para enfrentar Nishikori logo na estreia. Mas em quadra, foi o tenista da casa quem ditou o ritmo, soube ser agressivo durante a maior parte do confronto e fechou o duelo.

O triunfo foi o primeiro de Bellucci após 22 derrotas consecutivas contra tenistas que estão no Top 10 do ranking da ATP. Esta também foi somente a segunda vitória do brasileiro diante de um tenista que está no Top 5. A outra havia acontecido ainda em 2011, quando ele derrotou o britânico Andy Murray.

Após a partida, Bellucci tentou explicar como alcançou a improvável vitória. O brasileiro considerou a torcida e o cansaço de Nishikori, que perdeu a final do Torneio de Buenos Aires no último domingo para o ucraniano Alexandr Dolgopolov, como fatores fundamentais para o resultado.

"Peguei um Top 5 logo na primeira rodada, mas sabia que eu podia ganhar. Ele vem de uma final em Buenos Aires, não teria muito tempo para descansar. Consegui um grande jogo, me comportei muito bem taticamente, consegui entrar na quadra, ser agressivo quando precisou. Feliz por estar diante dessa torcida e fazer a festa", disse em entrevista ao SporTV.

Apesar do triunfo, Bellucci chegou a enfrentar dificuldades no primeiro set. Em meio a um confronto equilibrado, o brasileiro foi preciso para aproveitar a única oportunidade de quebra que teve, no nono game, e depois sacou para largar em vantagem.

A derrota na parcial irritou Nishikori, que foi quebrado pelo brasileiro logo no primeiro game do segundo set. Ele ainda empataria o confronto, mas Bellucci não se abalou com o susto, emendou mais duas quebras na sequência e confirmou a vitória.

DUELO BRASILEIRO

Agora, Bellucci terá pela frente nas oitavas de final um velho conhecido. Ele vai encarar o também brasileiro Thiago Monteiro, número 85 do mundo, que suou na estreia para passar de virada pelo português Gastão Elias, 86.º do ranking, também nesta terça.

Os dois brasileiros jogarão juntos a chave de duplas no Rio, mas nas oitavas estarão frente a frente apenas pela primeira vez no circuito da ATP. O confronto doméstico também já garante que o País terá um representante nas quartas de final da competição.

Mais conteúdo sobre:
Thomaz Bellucci tênis Rio Open

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.