Pedro Martins/AFP
Pedro Martins/AFP

Bellucci vai enfrentar favorito Nadal logo na estreia no Rio Open

Melhores brasileiros não tiveram sorte na definição de rivais: Teliana Pereira também encontra a favorita Sara Errani no primeiro jogo

Estadão Conteúdo

14 de fevereiro de 2015 | 19h25

Os principais tenistas brasileiros do Rio Open não tiveram sorte na escolha de seus adversários de estreia e vão enfrentar os cabeças de chave número 1 do torneio masculino e feminino. Thomaz Bellucci, que foi eliminado logo na estreia do Brasil Open, enfrentará o espanhol Rafael Nadal. Já Teliana Pereira terá como primeira adversária a italiana Sara Errani.

Nadal, número 3 do mundo, é o atual campeão do ATP 500, enquanto Bellucci deve começar a semana caindo no ranking, já que não conseguiu defender os pontos de semifinalista do Brasil Open no ano passado - na última semana, o paulista subiu para a 63ª posição, por ter ido à semifinal do ATP 250 de Quito. A partida entre Bellucci e o favorito está marcada para terça-feira à noite.

O espanhol David Ferrer, cabeça de chave número 2, enfrentará um jogador vindo do qualifying, assim como o brasileiro João Souza, o Feijão, que neste sábado foi derrotado na semifinal do Brasil Open pelo italiano Luca Vanni.

Teliana Pereira experimentou no ano passado, no Rio, uma de suas melhores campanhas em um torneio da WTA, ao chegar à semifinal. Agora, a 110ª do ranking mundial e melhor do Brasil terá de enfrentar a experiente Sara Errani e a falta de ritmo de jogo, já que sofreu com problemas físicos na temporada passada.

Errani, atual 13ª do ranking mundial, tem sete títulos de simples na carreira - ela faturou ainda cinco troféus de duplas em torneios de nível Grand Slam. Ela está no Brasil pela primeira vez e evita se colocar como favorita da competição que será disputada a partir de segunda-feira no Jockey Club Brasileiro.

"Prefiro não pensar que sou favorita ao título. Gosto de me concentrar para os jogos, pensando em um deles de cada vez", afirmou a italiana. Neste ano, ela não conseguiu grandes resultados. Foi à terceira rodada no Aberto da Austrália e perdeu na estreia nos torneios de Sydney e Auckland.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.