Bellucci vê pontos vulneráveis em Roddick, próximo rival

O brasileiro Thomaz Bellucci terá um desafio gigantesco para avançar à terceira rodada do Aberto da Austrália. Por volta da meia-noite de quarta-feira (horário de Brasília), ele enfrentará o norte-americano Andy Roddick, ex-número 1 do mundo e atualmente na sétima colocação do ranking.

AE, Agencia Estado

19 de janeiro de 2010 | 11h54

Bellucci, que estreou com vitória por 3 sets a 1 sobre o russo Teimuraz Gabashvili, prevê um confronto complicado com Roddick. Mas o brasileiro mostra otimismo e vê pontos vulneráveis no jogo do rival.

"Vai ser uma pedreira contra o Roddick, mas vou buscar a minha chance. Ele tem pontos vulneráveis e vou explorar isso", disse Bellucci, sem citar quais são as fragilidades que vê no jogo do rival.

O brasileiro nunca encontrou Andy Roddick no circuito profissional, mas vive o melhor momento de sua carreira. Atualmente em 35º lugar no ranking, o brasileiro pode até assumir um posto entre os 30 primeiros, após a vitória na estreia em Melbourne.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.