Bellucci vence e dá 4.º ponto ao Brasil na Copa Davis

Atuando totalmente solto e sem nenhuma responsabilidade pelo fato de o Brasil ter liquidado no último sábado o confronto diante da Rússia pela repescagem da Copa Davis, Thomaz Bellucci venceu Alex Bogomolov Jr. por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/3), neste domingo, em São José do Rio Preto (SP), e deu o quarto ponto ao País na série melhor de cinco duelos entre os dois países.

AE, Agência Estado

16 de setembro de 2012 | 17h13

Na última sexta-feira, o tenista número 1 do Brasil venceu Teymuraz Gabashvili por 3 sets a 1, abrindo então 2 a 0 para o time nacional diante dos russos, que no sábado acabaram sucumbindo no confronto de duplas que teve triunfo de Bruno Soares e Marcelo Melo.

Para este domingo ainda está previsto o quinto e derradeiro jogo do confronto diante da Rússia, no qual Rogério Dutra Silva deverá apenas cumprir tabela, assim como fez Bellucci, diante de Stanislav Vovk. Na última sexta, Rogerinho passou por Igor Andreev com facilidade no primeiro dos cinco duelos desta repescagem.

No último sábado, a vitória obtida no confronto de duplas liquidou a série em 3 a 0 e fez o Brasil retornar à elite da Copa Davis após nove anos de decepções na importante competição.

E, neste domingo, jogando em ritmo de treino, Bellucci e Bogomolov Jr. conseguiram uma quebra de saque cada um no primeiro set e levaram a disputa ao tie-break, no qual o brasileiro foi o melhor ao fazer 7/4. Já na segunda parcial, ao aproveitar um de quatro break points, o tenista número 1 do País abriu vantagem e depois caminhou tranquilo rumo ao triunfo.

GRUPO MUNDIAL - Em outro jogo disputado neste domingo que não valeu nada para a sorte de dois países nesta Copa Davis, Juan Monaco venceu Ivo Minar por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/2), em Buenos Aires, e descontou para 3 a 2 a vitória da República Checa sobre a Argentina na semifinal do Grupo Mundial da competição. Horas mais cedo, Tomas Berdych liquidou a série melhor de cinco jogos em 3 a 1 ao bater Carlos Berlocq por 3 sets a 0.

Já a outra semifinal da Davis acabou terminando em 3 a 1 para a Espanha sobre os Estados Unidos após os dois países entrarem em acordo e resolverem cancelar a partida entre Nicolas Almagro e Sam Querrey. Antes disso, David Ferrer encerrou a série decisiva ao bater John Isner por 3 sets a 1.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisCopa DavisThomaz Bellucci

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.