Andrew Innerarity/Reuters - 28/03/2010
Andrew Innerarity/Reuters - 28/03/2010

Bellucci vence e encara Almagro nas oitavas em Miami

Brasil não tinha um representante nas oitavas de um Masters desde 2004, com Guga no Canadá

AE, Agência Estado

28 de março de 2010 | 16h31

O paulista Thomaz Bellucci derrotou o belga Olivier Rochus neste domingo e alcançou pela primeira vez as oitavas de final de um torneio de nível Masters 1000. Ele bateu o rival por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, e avançou em Miami.

Veja também:

linkRafael Nadal sofre, mas derrota Nalbandian e avança em Miami

O Brasil não tinha um representante nas oitavas de final de um Masters desde 2004, quando Gustavo Kuerten alcançou esta fase no Canadá. Até então, a melhor apresentação de Bellucci neste tipo de torneio tinha sido registrada em Indian Wells, neste mês, e em Xangai, no ano passado, quando chegou até à terceira rodada.

Com o resultado, Bellucci deverá ganhar pelo menos uma posição no ranking e retomar a 31.ª colocação. A vitória deste domingo também teve gostinho de revanche para Bellucci. Em 2009, o brasileiro havia sido eliminado por Rochus na semifinal do Torneio de Estocolmo.

Desta vez, Rochus entrou em quadra motivado pela primeira zebra do torneio. Ele foi o responsável pela eliminação do sérvio Novak Djokovic, número dois do mundo, logo na estreia.

No entanto, o belga não conseguiu manter o embalo na competição. Bellucci dominou o jogo desde o início, mostrando novamente bom aproveitamento no saque. Ele chegou a perder o serviço em uma oportunidade, mas impôs duas quebras ao rival e saiu na frente.

No segundo set, o brasileiro foi ainda melhor no saque, com 100% de aproveitamento quando jogou com o primeiro serviço. Assim, não teve o saque ameaçado e faturou nova quebra sobre o belga, fechando a partida no segundo match point, após 1h12min de duelo.

Nas oitavas, Bellucci terá pela frente o espanhol Nicolas Almagro, que venceu o francês Jeremy Chardy por 2 sets a 1, parciais de 6/2, 6/7 (9/11) e 6/3. Os dois tenistas nunca se enfrentaram no circuito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.