Mike Ehrmann/AFP
Mike Ehrmann/AFP

Berdych bate argentino e enfrenta Murray na semifinal de Miami

Checo bateu o argentino Juan Monaco por 2 sets a 0

Estadão Conteúdo

02 de abril de 2015 | 00h06

O checo Tomas Berdych não teve problemas para avançar às semifinais do Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, o segundo de uma série de nove torneios deste nível na temporada. Contra o argentino Juan Monaco, o 46.º colocado do ranking da ATP, o atual número 9 do mundo ganhou com facilidade por 2 sets a 0 - com parciais de 6/3 e 6/4, após 1 hora e 32 minutos.

Na luta por uma vaga na decisão da competição norte-americana, Berdych terá pela frente o britânico Andy Murray, que mais cedo teve trabalho para derrotar de virada o austríaco Dominic Thiem, 52.º do ranking, por 2 sets a 1 - com parciais de 3/6, 6/4 e 6/1. O jogo acontecerá nesta sexta-feira.

As quartas de final serão completadas nesta quinta-feira com duas partidas. O sérvio Novak Djokovic, número 1 do mundo, enfrentará o espanhol David Ferrer na sua tentativa de manter vivo o objetivo de ganhar o torneio pelo segundo ano seguido. E o japonês Kei Nishikori, cabeça de chave número 4, terá pela frente John Isner, o último norte-americano que sobrevive na chave de simples.

Um gigante de 2,08m de altura, Isner chegou às quartas de final depois de vencer uma batalha contra outro grande sacador: o canadense Milos Raonic. Os três sets foram decididos no tie-break, com Isner encaixando 25 aces (saques sem defesa) contra 13 de seu oponente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.