Berdych perde de azarão e é eliminado de torneio sueco

Tomas Berdych foi derrotado de forma surpreendente pelo holandês Thiemo de Bakker, nesta sexta-feira, e acabou eliminado nas quartas de final do Torneio de Bastad. Cabeça de chave número 1 do ATP 250 sueco realizado em quadras de saibro e atual sexto colocado do ranking mundial, o tenista checo foi derrotado por 2 sets a 0, com duplo 7/5.

AE, Agência Estado

12 de julho de 2013 | 13h42

Jogador que hoje figura na 104.ª colocação da ATP, De Bakker havia sido derrotado por Berdych nos dois confrontos anteriores entre os dois, na edição passada de Wimbledon e no Masters 1.000 de Miami de 2010, em ambas ocasiões por 2 sets a 0. Desta vez, porém, ele levou a melhor nesta última batalha que durou duas horas e dois minutos em Bastad.

No primeiro set do duelo, Berdych chegou a quebrar o saque do holandês em duas de nove oportunidades, mas ele viu o seu rival converter três de cinco break points para assegurar a vantagem inicial de 7/5. Já na segunda parcial, o checo não conseguiu aproveitar nenhuma das três oportunidades que teve de ganhar games no serviço do adversário, que obteve uma quebra em três chances para repetir o 7/5.

Com a surpreendente vitória, De Bakker se credenciou para enfrentar nas semifinais o argentino Carlos Berlocq, que nesta sexta superou o espanhol Albert Ramos por 2 sets a 1, com 6/3, 3/6 e 6/0.

Já a outra semifinal da competição reunirá o espanhol Fernando Verdasco e o búlgaro Grigor Dimitrov. O primeiro deles avançou na competição ao desbancar o seu compatriota Nicolas Almagro, segundo cabeça de chave, batido com parciais de 6/4, 4/6 e 7/5. Já o tenista da Bulgária passou com facilidade pelo argentino Juan Monaco, terceiro pré-classificado, derrotado por 6/3 e 6/2.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisTorneio de BastadTomas Berdych

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.