Olga Maltseva/AFP
Olga Maltseva/AFP

Bertens se recupera de mal início de jogo em final e é campeã em São Petersburgo

Tenista holandesa superou a croata Donna Vekic por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/2) e 6/4

Redação, Estadão Conteúdo

03 de fevereiro de 2019 | 14h10

A tenista holandesa Kiki Bertens venceu a croata Donna Vekic por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (7/2) e 6/4, neste domingo, e conquistou o primeiro título dela em 2019, no piso duro do Aberto de São Petersburgo, na Rússia.

Uma das favoritas ao título desde o início da competição, Bertens sofreu no primeiro set, no qual chegou a estar perdendo por 5 a 2. A holandesa, oitava colocada no ranking da WTA e cabeça de chave número dois em São Petersburgo, buscou o empate e fechou a parcial no tie break.

"Meu treinador, o Raemon Sluiter, falou que eu estava atuando do jeito certo, eu apenas precisava continuar com minhas jogadas, foi isso que eu fiz", disse Bertens logo após o fim da partida.

As atletas já haviam se enfrentado em 2019, em Brisbane, onde a croata levou a melhor. Foi a décima final disputada por Bertens e o oitavo título conquistado pela tenista de 27 anos.

Vekic chegou à sétima final dela na carreira e foi vice-campeã pela quinta vez. O último título da croata de 22 anos aconteceu em junho de 2017, na grama do Aberto de Nottingham, na Inglaterra.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.