Olga Maltseva/AFP
Olga Maltseva/AFP

Bertens se recupera de mal início de jogo em final e é campeã em São Petersburgo

Tenista holandesa superou a croata Donna Vekic por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/2) e 6/4

Redação, Estadão Conteúdo

03 de fevereiro de 2019 | 14h10

A tenista holandesa Kiki Bertens venceu a croata Donna Vekic por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (7/2) e 6/4, neste domingo, e conquistou o primeiro título dela em 2019, no piso duro do Aberto de São Petersburgo, na Rússia.

Uma das favoritas ao título desde o início da competição, Bertens sofreu no primeiro set, no qual chegou a estar perdendo por 5 a 2. A holandesa, oitava colocada no ranking da WTA e cabeça de chave número dois em São Petersburgo, buscou o empate e fechou a parcial no tie break.

"Meu treinador, o Raemon Sluiter, falou que eu estava atuando do jeito certo, eu apenas precisava continuar com minhas jogadas, foi isso que eu fiz", disse Bertens logo após o fim da partida.

As atletas já haviam se enfrentado em 2019, em Brisbane, onde a croata levou a melhor. Foi a décima final disputada por Bertens e o oitavo título conquistado pela tenista de 27 anos.

Vekic chegou à sétima final dela na carreira e foi vice-campeã pela quinta vez. O último título da croata de 22 anos aconteceu em junho de 2017, na grama do Aberto de Nottingham, na Inglaterra.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.