Vincent Thian / AP
Vincent Thian / AP

Bertens vence após abandono de Osaka e se classifica às semifinais do WTA Finals

Holandesa venceu doze rivais do Top-10 na temporada 2018

Estadão Conteúdo

26 Outubro 2018 | 09h38

A holandesa Kiki Bertens mostrou que está com sorte no circuito profissional. Última a garantir vaga no WTA Finals - que reúne em Cingapura oito das melhores tenistas da temporada de 2018 -, se aproveitando da lesão nas costas que tirou a romena Simona Halep da competição, se tornou nesta sexta-feira a primeira classificada do Grupo Vermelho às semifinais. Sua vaga veio com a desistência da japonesa Naomi Osaka, número 4 do mundo, após vencer o primeiro set por 6/3.

A tenista da Holanda precisava de uma vitória para garantir o seu lugar nas semifinais. Obteve uma quebra de saque no sétimo game e viu que Osaka, atual campeã do US Open, pediu atendimento médico no game seguinte. Após a ajuda do fisioterapeuta, a japonesa voltou ao jogo, mas só aguentou mais um game. Bertens fechou em 6 a 3 e na sequência a rival anunciou a sua desistência.

"Eu a vi sofrendo um pouco na partida anterior e é claro que o problema foi agravado hoje (sexta-feira), mas acho que no começo ela ainda estava bem. Nunca é fácil e nem é bom vencer uma partida dessa maneira. Agora vou descansar e terei mais tempo de recuperação para amanhã (sábado)", falou a holandesa.

Antes de Cingapura, Bertens e Osaka haviam se enfrentado uma vez no circuito profissional, dois anos atrás, em Acapulco, no México, com vitória da japonesa em dois sets.

Esta foi a 12.ª vitória da holandesa contra uma Top 10 nesta temporada, marca que nos últimos anos só foi superada pela norte-americana Serena Williams, que venceu 12 em 2014, e pela dinamarquesa Caroline Wozniacki, com 14 triunfos no ano passado. "Isso é uma prova de que posso vencer qualquer uma. Acho que é uma sensação muito boa", disse.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.