Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Bia Haddad coroa retorno ao circuito após 13 meses com título em Portugal

Brasileira derrota Jodi Anna Burrage por 2 sets a 1, com parciais de 6/1 e 6/4, depois de 1h25 de confronto

Redação, Estadão Conteúdo

06 de setembro de 2020 | 11h50

Em seu primeiro torneio desde que retornou ao circuito, a brasileira Beatriz Haddad Maia já levantou um troféu. Ela conquistou neste domingo o título do ITF de Montemor-O-Novo, em Portugal, ao superar na final a britânica Jodi Anna Burrage (289ª), por 6/1 6/4, depois de 1h25 de confronto.

O torneio disputado nas quadras rápidas de Montemor-o-Novo marcou a volta de Bia Haddad ao circuito profissional depois de mais de um ano de ausência. Ela recebeu uma punição de dez meses por doping e, com a paralisação do circuito por conta da pandemia de covid-19, ficou afastada das quadras por 13 meses.

"Estou muito feliz e muito emocionada. Foi uma semana muito especial para mim. Eu não esperava ter ido tão longe logo no primeiro torneio. Fui fazendo o que tinha que fazer e jogando melhor a cada jogo, evoluindo durante a semana. Como eu sempre falei, nada é e foi por acaso. Mentalmente eu estou muito mais forte e muito mais feliz", disse a brasileira, que avaliou ter feito seu melhor jogo no torneio.

"Foi o meu melhor jogo. No primeiro set ganhei com bastante vantagem, no segundo abri 4/2, ela foi buscar, mas fiquei calma, pensando no próximo ponto e deu certo", analisou.

Com a campanha em Montemor-o-Novo a brasileira ganha 50 pontos e subirá várias posições no ranking da WTA. É provável que figure perto da 600ª posição. A paulista teve que começar praticamente do zero e voltou ao circuito nesta semana na 1.342ª colocação.

O próximo desafio de Bia Haddad é o torneio de Figueira da Foz, também em Portugal, e de nível US$ 25 mil. A competição começa na próxima terça-feira. Ela tem de jogar torneios menores para poder voltar a disputar as principais competições.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.