Miguel Sierra/EFE
Miguel Sierra/EFE

Bia Haddad derruba Maria Sakkari e avança também nas duplas no Torneio de Nottingham

Número 1 do Brasil vence grega por 2 sets a 1 e vai tentar vaga na final; ao lado de Shuai Zhang, ela vai brigar por um lugar na decisão contra a parceria formada por Shuko Aoyama e Hao-Ching Chan

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de junho de 2022 | 15h59

O dia foi de vitórias para Beatriz Haddad Maia. A tenista número 1 do Brasil venceu tanto na chave de simples quanto na de duplas no Torneio de Nottingham, na Inglaterra. O triunfo em simples foi o mais importante por ser contra a principal favorita ao título e número cinco do mundo, a grega Maria Sakkari.

Bia superou a cabeça de chave número 1 por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/3. Foi a terceira vez que a brasileira superou a grega, a segunda apenas neste ano, em Miami. O novo triunfo sobre uma tenista do Top 10 do ranking confirma o bom momento da atleta brasileira, 48ª do mundo, que agora vai disputar a semifinal.

Será a primeira vez que Bia tentará uma vaga numa final sobre a grama. Sua adversária será a checa Tereza Martincova, que avançou ao superar a chinesa Shuai Zhang (4ª cabeça de chave) por 6/3 e 6/2. Contra Martincova, 60ª do mundo, Bia tem retrospecto positivo: duas vitórias em dois jogos, ambas conquistadas em 2013.

Bia também vai disputar a semifinal nas duplas. Ela e Shuai Zhang venceram nesta sexta a veterana australiana Sam Stosur e a taiwanesa Latisha Chan por 6/1, 6/7 (6/8) e 10/6. Em busca da final, brasileira e chinesa vão enfrentar a dupla formada pela japonesa Shuko Aoyama e pela taiwanesa Hao-Ching Chan, que avançaram na chave ao vencerem a polonesa Katarzyna Kawa e a indonésia Aldila Sutjiadi por 6/7 (4/7), 6/2 e 11/9.

De nível WTA 250, o Torneio de Nottingham é um dos preparatórios para Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada, que começa no dia 27 deste mês.

Tudo o que sabemos sobre:
Bia Haddadtênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.