Julio Cesar Aguilar/AFP
Julio Cesar Aguilar/AFP

Bia Haddad elimina campeã do Aberto da Austrália na estreia em Indian Wells

Tenista brasileira celebrou a importante vitória e revelou ter enfrentado dores nas costas nos últimos dias

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de março de 2022 | 12h28

A brasileira Beatriz Haddad Maia estreou com o pé direito no WTA 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos. Nesta quinta-feira, fez ótima estreia ao bater Sofia Kenin, ex-número 4 do mundo e campeã do Aberto da Austrália de 2020 por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/5, em 1h46min de partida.

A tenista número 1 do Brasil comemorou a importante vitória, mas admitiu que poderia ter atuado melhor no confronto. "É sempre importante avançar, ainda mais após passar três dias praticamente apenas recuperando as minhas costas. Entretanto, fui muito passiva, o que não condiz com aquilo que quero para o meu jogo e que venho trabalhando diariamente. Para brigar por coisas grandes é preciso ser protagonista e hoje eu deixei muito a desejar, mesmo em momentos favoráveis no placar", analisou.

Na próxima fase, a brasileira enfrenta a dinamarquesa Clara Tauson, de apenas 19 anos, atualmente na 40ª posição do ranking da WTA e que começou direto na segunda rodada. Esse vai ser o primeiro duelo entre elas no circuito.

Além de simples, Bia também disputa a chave de duplas da competição, após grande desempenho no Aberto da Austrália. Novamente, ela faz dupla com a casaque Anna Danilina, após serem vice-campeãs, no que foi o melhor resultado da brasileira em um torneio de Grand Slam.

Bia vem de uma semifinal no Torneio de Monterrey, realizado na semana passada, e está em grande fase no circuito. Ela ocupa a 61ª posição do ranking de simples e 34ª nas duplas. O recorde da brasileira é a 58ª colocação, conquistada em 2017.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.