ERIK S. LESSER /EFE
ERIK S. LESSER /EFE

Bia Haddad tem atuação irregular e leva virada de Anhelina Kalinina em Miami

Brasileira é derrotada por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 4/6 e 2/6

Redação, Estadao Conteudo

27 de março de 2022 | 16h56

A brasileira Bia Haddad caiu no WTA 1000 de Miami ao ser superada pela ucraniana Anhelina Kalinina, atual 51ª do ranking mundial, por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 6/2, 4/6 e 2/6, neste domingo. Após largar na frente, sofreu um apagão, principalmente no set final, e acabou eliminada.

Na 62ª colocação do ranking, Bia vinha de vitória contra ninguém menos do que a grega Maria Sakkari, 3ª colocada do ranking. A brasileira, no entanto, não conseguiu ter a mesma atuação da partida anterior, sentiu a pressão nos dois últimos sets e acabou dando adeus.

O primeiro set foi equilibrado. Bia mostrou muita intensidade e viu a adversária sofrer com a variação de ritmo. O jogo chegou a ficar empatado por 2 a 2, até que a brasileira resolveu empilhar um game atrás do outro para fechar o set por 6/2.

Bia seguiu em ritmo forte no segundo set, acertou um ace e abriu 2 a 0 de vantagem. No entanto, Kalinina reagiu e se aproveitou do momento ruim da brasileira para virar o duelo para 5 a 3 e posteriormente fechar o set por 6/4.

O terceiro set foi ainda pior para a brasileira. Bia Haddad sofreu um apagão, não conseguiu reagir e viu a ucraniana abrir logo 4 a 0 e fechar o terceiro set para confirmar a vitória com extrema facilidade.

Ainda neste domingo, Paula Badosa passou fácil por Yulia Putintseva, por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 6/2. Já Veronika Kudermetova superou Shelby Rogers pelo mesmo placar, com parciais de 6/1 e 7/5. Já Victoria Azarenka abandonou por lesão diante de Linda Fruhvirtova quando perdia por 6/2 e 3/0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.