Will Oliver/EFE
Will Oliver/EFE

Bia Haddad vence egípcia com 'pneu' e encara Pliskova em Indian Wells

Depois de avançar após desistências na chave, tenista brasileira supera Mayar Sherif por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/0

Redação, Estadão Conteúdo

10 de outubro de 2021 | 10h28

A tenista brasileira Beatriz Haddad Maia aproveitou a "nova chance" no WTA 1000 de Indian Wells e venceu em sua estreia na chave principal, na madrugada deste domingo. Com direito a um "pneu" — quando o set é vencido por 6/0 —, ela superou a egípcia Mayar Sherif, atual 72ª do ranking, por 2 a 0, com parciais de 6/3 e 6/0.

Número 1 do Brasil e 115ª do mundo, Bia Haddad havia sido eliminada na última rodada do qualifying do importante torneio americano. Mas, por conta de desistências na chave, obteve uma vaga como "lucky-loser", que é o tenista com melhor ranking que perde na rodada final do quali.

Com o triunfo, Bia se reaproximou do Top 100. Ela deve aparecer ao menos na 103ª posição na próxima atualização do ranking. Seu grande objetivo nesta reta final da temporada é finalizar o ano entre as 100 melhores do mundo. Ela não aparece nesta lista desde setembro de 2019.

Ao entrar na chave como "lucky-loser", Bia começou direto da segunda rodada. Assim, avançou agora à terceira, quando terá um desafio mais complicado pela frente. Sua adversária será a checa Karolina Pliskova, cabeça de chave número 1 em Indian Wells. Trata-se da atual número três do mundo.

Bia enfrentou a checa apenas uma vez no circuito. No Aberto da Austrália de 2018, perdeu por duplo 6/1. Em sua estreia em Indian Wells, Pliskova superou a polonesa Magdalena Frech por 7/5 e 6/2, no sábado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.