Blake cai na estréia e dá adeus ao tri no torneio de Sydney

Norte-americano era o favorito a conquistar o título do torneio, mas voltará para casa mais cedo

REUTERS

07 de janeiro de 2008 | 09h02

O norte-americano James Blake perdeu a chance de igualar uma marca de 68 anos ao ser derrotado em sua estréia no Torneio de Sydney, nesta segunda-feira, pelo francês Fabrice Santoro. Blake, 3o cabeça-de-chave, tentava conquistar o título pelo terceiro ano consecutivo, algo que não acontecia desde 1940, mas acabou derrotado por 7-6 e 6-2. "Fabrice é um grande jogador, ele está no circuito há bastante tempo, e sabe como vencer partidas e dar dor de cabeça aos jogadores de ponta", disse Blake, que teve uma pré-temporada encurtada pela conquista da Copa Davis com a equipe dos Estados Unidos. Santoro, de 35 anos, é um dos jogadores mais velhos em ação nos torneio da ATP, mas garante que não perdeu seu entusiasmo pelo esporte. "Eu amo o esporte e adoro jogar e lutar", disse o francês. "O que vai me tirar do circuito é ter que estar em hotel, pegar aviões e ter que deixar minha filha e amigos." Santoro foi um dos três franceses a vencer partidas da primeira rodada no Centro Olímpico de Tênis de Sydney nesta segunda. O primeiro cabeça-de-chave Richard Gasquet passou pelo russo Igor Andreev (6-3 e 7-6), enquanto Sebastien Grosjean derrotou o australiano Peter Luczak (6-4, 4-6 e 6-0). (Reportagem de Julian Linden)

Tudo o que sabemos sobre:
ATP de SydneyJames Blake

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.