AFP
AFP

Brasil Open terá o espanhol Feliciano López em 2015

Edição de 2015 do torneio contará com a presença do atual número 14 do mundo que fará sua estreia na competição

Estadão Conteúdo

15 de dezembro de 2014 | 17h57

A organização do Brasil Open confirmou nesta segunda-feira a participação do primeiro tenista Top 20 do ranking mundial da ATP na edição de 2015 do torneio de nível ATP 250, que será realizado de 9 a 15 de fevereiro no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Atual número 14 do mundo, o espanhol Feliciano López estará pela primeira vez na carreira na competição, que completa 15 anos de história na próxima temporada.

"Estou muito animado para voltar a jogar no Brasil e poder conhecer melhor seu povo e costumes, que adoro tanto. Tenho muitos amigos brasileiros e sempre quis retornar a esse país maravilhoso. Fico muito feliz de ter a oportunidade de disputar o Brasil Open em frente aos meus fãs também", disse Feliciano López, cuja única participação anterior em um torneio no país foi em um Challenger em São Paulo, em 2001.

Número 3 da Espanha - atrás somente de Rafael Nadal e David Ferrer -, Feliciano López foi campeão de quatro títulos da ATP e três Copas Davis na carreira. O espanhol alcançou a sua melhor colocação no ranking neste ano, em que venceu o Torneio de Eastbourne (Inglaterra) e foi semifinalista dos Masters 1000 de Toronto (Canadá) e Xangai (China). No torneio chinês, derrotou Nadal, campeão de 14 Grand Slams e vencedor das edições de 2005 e 2013 do Brasil Open.

Com o saibro mais rápido do circuito, o Brasil Open pode ajudar Feliciano López a quebrar seu jejum no piso. "Meu tênis se adapta melhor às quadras duras e de grama, mas cresci jogando no saibro da Espanha. Onde moro, em Madri, a altitude é parecida com a de São Paulo. Espero que minha experiência possa ser um fator chave para poder dar o meu melhor e ganhar meu primeiro título no saibro", comentou.

Feliciano López também espera que o Brasil Open o ajude a alcançar o Top 10 pela primeira vez. "Mais que uma meta, é um grande sonho e motivação. Sei que posso alcançar este objetivo se seguir o mesmo embalo de 2014. Sem dúvida, seria um prêmio para a minha carreira e vou trabalhar duro para consegui-lo!", completou o jogador.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisBrasil OpenFeliciano López

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.