Brasil pode ter cinco em Roland Garros

Se o gaúcho Tomas Behrend, que vive na Alemanha, entrar na conta, o Brasil já garantiu quatro jogadores na chave principal de Roland Garros. Além de Gustavo Kuerten e Ricardo Mello, que já estavam classificados, Marcos Daniel conseguiu a vaga nesta sexta-feira ao superar o norte-americano Martin Boeker por 7/5 e 6/0, enquanto Behrend derrotou Hugo Armando, também dos Estados Unidos, por 6/3 e 6/1. Neste sábado, Flávio Saretta enfrenta o francês Antony Dupuis para tentar ser mais um brasileiro na competição.O sorteio da chave já apontou Guga diante de David Sanchez (129 da ATP), enquanto Ricardo Mello também deu sorte e vai enfrentar o holandês Peter Wessels, número 83 do mundo, um adversário que não costuma ter bons resultados em quadras de saibro. Se o brasileiro conseguir passar pela estréia, poderá cruzar na segunda rodada com a revelação francesa Richard Gasquet, que joga na primeira partida diante de um jogador do qualifying.No feminino, mais uma vez, o Brasil fica sem qualquer representante.A última esperança, a catarinense Nanda Alvez caiu justamente na última rodada do qualifying, perdendo diante da norte-americana Meilen Tu por 6/3 e 6/1. Os outros brasileiros que passaram o classificatório terão de esperar por outro sorteio para conhecerem seus adversários na chave principal.FAVORITOS - Entre os principais favoritos ao título deste ano, o sorteio da chave masculina foi ingrato. Colocou do mesmo lado, Roger Federer, o número 1 do mundo; Rafael Nadal, o principal favorito ao título; e Gaston Gaudio, o atual campeão do torneio. Com isso, apenas um deles poderá chegar a final da competição.Federer vai ter pela frente o sueco Robin Soderling; Nadal pega o alemão Lars Burgsmuller, enquanto Gaudio terá pela frente uma das novas forças do tênis, o francês Gaels Monfils. Ainda entre os principais favoritos, Andy Roddick joga com o wild card (convidado) francês Jo-wilfried Tsong. O argentino Guillermo Coria, vice-campeão do ano passado, joga com o dinamarquês Kenneth Carlsen, enquanto Marat Safin pega o holandês Raemon Sluiter e Andre Agassi faz sua estréia com um tenista saído do qualifying. O australiano Lleyton Hewitt não joga Roland Garros por problemas físicos.No lado feminino, também uma grande baixa, a da norte-americana Serena Williams, campeão de 2002, e que desistiu por problemas físicos.A número 1 do mundo, Lidsay Davenport estréia com a eslovaca Katarina Srebotnik, enquanto Maria Sharapova faz um jogo perigoso diante da também russa Evgenia Linetskaya.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.