Divulgação
Divulgação

Brasil vence a Bolívia e escapa de rebaixamento na Fed Cup

Luisa Stefani e Gabriela Cé conduziram a vitória da equipe brasileira

Estadao Conteudo

12 Fevereiro 2017 | 10h34

Com muitos desfalques e certa irregularidade, a equipe brasileira fez bonito na noite de sábado e escapou do rebaixamento na Fed Cup. Luisa Stefani e Gabriela Cé conduziram o time na vitória salvadora sobre a Bolívia por 2 a 0, evitando a queda para a segunda divisão do Zonal Americano I.

Uma derrota em Metepec, no México, levaria o Brasil ao Zonal Americano II pela primeira vez, em razão da sequência irregular ao longo da semana. A equipe brasileira perdera da Argentina e da Colômbia, mas vencera o anfitrião México. Assim, dependia do triunfo sobre as bolivianas.

E, para tanto, a equipe apostou na juventude de Luisa Stefani. A tenista de apenas 19 anos, atual 699ª do ranking, jogou no lugar da experiente e cansada Teliana Pereira, que vinha de sete partidas, entre simples e duplas, na últimas semana.

Luisa derrotou Maria Fernanda Álvarez-Teran por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 6/7 (0/7) e 7/6 (7/3), em sua primeira vitória na Fed Cup. Na sequência, Gabriela Cé também se destacou ao derrotar Noelia Zeballos por duplo 6/3, sacramentando a vitória sobre a equipe da Bolívia.

GRUPO MUNDIAL

 Na primeira divisão da Fed Cup, os Estados Unidos saíram na frente no duelo contra a Alemanha, pela rodada de abertura do Grupo Mundial. No primeiro confronto de sábado, Alison Riske superou Andrea Petkovic por 7/6 (12/10) e 6/2. Na sequência, CoCo Vandeweghe vencia Julia Görges por 6/3 e 3/1 quando a partida foi paralisada por causa da chuva.

O confronto, que está sendo disputado em quadra dura e ao ar livre no Havaí, foi marcado por polêmica e constrangimento logo na abertura. Na cerimônia que abriu o duelo, os organizadores locais cometeram um erro na execução do hino da Alemanha, ao tocarem versão desatualizada, ainda da época nazista.

O equívoco causou irritação das jogadoras da Alemanha. Petkovic afirmou que cogitou abandonar a quadra durante a execução do hino. A Associação de Tênis dos Estados Unidos, responsável pela organização do confronto, já se desculpou publicamente pelo erro.

O duelo entre EUA e Alemanha será retomado neste domingo, com o jogo entre Vandeweghe e Görges e as demais partidas programadas para o dia, com dois jogos de simples e um de duplas na série melhor de cinco. O vencedor avançará à semifinal da Fed Cup.

Mais conteúdo sobre:
Luisa Stefani Gabriela Cé tênis Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.