Brasileiros eliminados em Wimbledon

Os brasileiros Fernando Meligeni e Alexandre Simoni mal tiveram tempo de sentir um pouco a grama no All Engalnd Club de Londres. Os dois tenistas foram eliminados na estréia, nesta segunda-feira, em Wimbledon. Fez um dia bonito, de céu azul, ensolarado, com temperatura por volta dos 21 graus, sem nuvens de chuva por perto. Alexandre Simoni, que esta semana subiu um ponto no ranking e agora é 121º do mundo, ganhou os dois primeiros sets mas não sustentou o jogo contra o eslovaco Karol Beck, 210º, que disputou o qualificatório. Beck virou a partida com 6/7 (3-7), 4/6, 7/6 (7-5), 6/2 e 6/2. Meligeni, que caiu um ponto e agora é 60º do ranking, ganhou o primeiro set, mas o checo Jiri Novak, 12º, terminou com 2/6, 6/0, 6/4 e 6/4.Nesta terça, André Sá, 90º do mundo, enfrentará o francês Anthony Dupuis, 92º, no último jogo da Quadra 4. E Flavio Saretta, 71º, faz a segunda partida da Quadra 18 contra o sueco Thomas Johansson, 11º. Sá e Saretta são as duas últimas esperanças do Brasil na competição. Os norte-americanos Andre Agassi, Serena Williams e Pete Sampras, escolhidos para jogar na Quadra Central no primeiro dia de torneio, não decepcionaram. Agassi passou fácil pelo israelense Harel Levy por 6/0, 6/4 e 6/4.Sampras, que antes do torneio reclamava de dores nas costas, teve um pouco mais de trabalho mas despachou o inglês Martin Lee com 6/3, 7/6 (7-1) e 6/3. Serena ganhou de Evie Dominikovic, da Austrália, com duplo 6/1.Kournikova saiu na estréia - O russo Yevgeny Kafelnikov eliminou Dominik Hrbaty, da Eslováquia, com 6/1, 7/6 (7-4) e 7/6 (9-7). Mas sua compatriota Anna Kournikova não conseguiu passar da primeira rodada. Ela foi derrotada por outra tenista russa, Tatiana Panova, que marcou 6/1, 4/6 e 6/4. Kournikova depois se irritou com parte da imprensa que insistia em perguntar sobre suas atividades fora do esporte. "Não tenho carreira fora do tênis. Não existem duas Annas, apenas uma", afirmou.Há um pôster gigante da jogadora na Wimbledon High Street, nas proximidades do torneio. Mas na quadra o jogo de Kournikova ficou bem longe do que mostrou em 1997, quando chegou às semifinais. A tenista de 21 anos, a mais fotografada do circuito profissional, ainda não tem um título de simples na carreira. Revoltada, depois ela ainda disse que, da próxima vez, se não estiver 100% confiante em seu jogo, "não voltará a Wimbledon".Outras partidas desta segunda-feira: Arnaud Clement (FRA) 6/3, 6/4 e 6/0 Albert Montañes (ESP); Greg Rusedski (ING) 6/1, 6/4 e 7/5 Jurgen Melzer (AUT); Alberto martin (ESP) 6/4, 7/6 (7-3) e 6/4 Stefano Galvani (ITA); Andy Roddick (EUA) 6/1, 3/1 e abandono Bohdan Ulihrach (CHE); Nicolas Kiefer (ALE) 6/3, 2/6, 5/7, 7/5 e 6/3 Juan Balcells (ESP); Marat Safin (RUS) 7/6 (9-7), 6/2 e 6/3 Cedric Pioline (FRA); Wayne Arthurs (AUS) 6/4, 6/4 e 6/3 Michael Russell (EUA); Mark Philippoussis (AUS) 6/3, 3/6, 6/1 e 6/2 Julien Boutter (FRA); Richard Krajicek (HOL) 6/2, 7/5 e 7/6 (7-5) Franco Squillari (ARG); Clarisa Fernandez (ARG) 6/3 e 6/3 Ludmila Cervanova (ESL); Jennifer Capriati (EUA) 6/1 e 6/4 Janette Husarova (ESL); Mary Pierce (FRA) 6/4, 4/6 e 8/6 Alicia Molik (AUS).Venus e Hewitt na quadra - Jogos de terça-feira: Venus Williams (EUA) e Jane O´Donoghue (ING); Lleyton Hewitt (AUS) e Jonas Bjorkman (SUE); Mario Ancic (CRO) e Roger Federer (SUI); Brie Rippner (EUA) e Justine Henin (BEL); Tim Henman (ING) e Jean-Francois Bachelot (FRA); Juan Carlos Ferrero (ESP) e Neville Godwin (AFS).Guga - O brasileiro manteve seu 16º lugar no ranking mundial. Ele continua treinando em Florianópolis. "Precisava desse tempo para fazer uma boa preparação para o segundo semestre. Estamos, eu e o Larri Passos, treinando duro porque a segunda metade do ano, que é quase todo na quadra rápida, sempre é muito puxada", diz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.