João Pires/Fotojump
João Pires/Fotojump

Brasileiros vencem a segunda no quali e estão a uma vitória de Roland Garros

João Menezes e Felipe Meligeni estão a apenas um triunfo da chave principal do torneio que começa no domingo

Redação, Estadao Conteudo

26 de maio de 2021 | 12h00

O tênis brasileiro está perto de ter mais dois jogadores, além do cearense Thiago Monteiro, na chave principal de Roland Garros, Grand Slam em Paris que começará neste domingo. Nesta quarta-feira, o mineiro João Menezes e o paulista Felipe Meligeni venceram suas partidas pela segunda rodada do qualifying e estão a apenas um triunfo de conquistarem o direito de jogar a competição.

Com muita confiança, João Menezes, número 3 do Brasil e 210 do mundo, derrotou o canadense Steven Diez, 189.º colocado do ranking da ATP, por 2 sets a 0 - com parciais de 6/3 e 6/0, em 1 hora e 16 minutos. Agora busca a vaga na chave principal diante do espanhol Carlos Taberner (137.º), que passou pelo italiano Thomas Fabbiano por 6/2 e 6/0.

"Hoje (quarta-feira) foi um jogo mais complicado do que aparentou ser. O primeiro set foi bem duro. Saí quebrando, aí perdi o saque. Depois disso, quando quebrei de volta e saquei 3/2, 15/40, foi um game muito importante, pois se volta igual 3/3, ia estar aberto. Outro game chave foi o do 1 a 0 no segundo set, saquei 0/40, consegui salvar o game e deslanchei. A partir daí, joguei muito bem, muito sólido, saquei e devolvi muito bem principalmente", explicou Menezes.

O tenista mineiro foi medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em 2019, garantindo vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. Desde 2018, disputa torneios da série Challenger, tendo conquistado seu primeiro título em 2019 em Samarkand, no Usbequistão.

Já Felipe Meligeni teve bem mais trabalho para derrotar o croata Borna Gojo, atual número 232 do mundo, mas triunfou por 2 sets a 1 - com parciais de 6/3, 6/7 (4/7) e 7/6 (7/3), após 2 horas e 19 minutos de batalha. Em busca de sua primeira participação em um Grand Slam, o sobrinho de Fernando Meligeni terá pela frente o alemão Maximilian Marterer, que derrubou o cabeça de chave 25, o sérvio Nikola Milojevic, com um duplo 6/1.

Na Sérvia

Não deu para Thiago Monteiro nas oitavas de final do ATP 250 de Belgrado, disputado em quadras de saibro na Sérvia. Ele travou um duelo equilibrado de três sets com o argentino Federico Delbonis, 52.º do ranking e oitavo cabeça de chave, desperdiçou algumas boas chances na partida, algumas delas na reta final, mas acabou castigado e amargou a derrota após 3 horas e 8 minutos com o placar final de 7/6 (8/6), 3/6 e 6/4.

Agora o brasileiro, número 1 do Brasil e 79 do mundo, viaja para Paris, onde disputará o torneio de Roland Garros na próxima semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.