Getty Images
Getty Images

Bruno Soares avança em Estocolmo e Rogério Dutra Silva perde nas duplas em Moscou

Ao lado de austríaco, Soares derrotou Robin Haase e Michael Venus por 2 sets a 0

Estadão Conteúdo

19 Outubro 2017 | 13h22

Dois brasileiros entraram em quadra nesta quinta-feira pela chave de duplas dos eventos da ATP que estão sendo disputados nesta semana e tiveram destinos diferentes. Bruno Soares avançou às semifinais do Torneio de Estocolmo, enquanto Rogério Dutra Silva caiu nas quartas de final em Moscou.

+ Rogerinho perde de israelense e cai nas quartas no Torneio de Moscou

Na Suécia, Soares e o austríaco Alexander Peya derrotaram o holandês Robin Haase e o neozelandês Michael Venus por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (11/9) e 7/5, em 1 hora e 27 minutos, obtendo a segunda vitória no ATP 250 de Estocolmo, disputado em quadras duras.

Soares e Peya foram parceiros fixos até o fim da temporada 2015, quando o brasileiro passou a atuar ao lado de Jamie Murray. Por conta de problemas de agenda, no entanto, o britânico não pôde ir à Suécia, o que abriu caminho para que Soares jogasse novamente com o austríaco. E até agora eles vêm tendo êxito.

Nesta quinta, eles fizeram um duelo equilibrado com Haase e Venus. Soares e Peya venceram o primeiro set no tie-break e triunfaram no segundo ao converterem três break points, um a mais do que os adversários. Nas semifinais, seus adversários serão o austríaco Oliver Marach e o croata Mate Pavic.

Em Moscou, Rogério Dutra Silva foi eliminado nas quartas de final da chave de duplas. O brasileiro e o italiano Paolo Lorenzi perderam para os russos Evgeny Donskoy e Andrey Kuznetsov por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1, em 1 hora e 6 minutos.

Dutra Silva e Lorenzi haviam passado na estreia pelo norte-americano James Cerretani e pelo australiano Marc Polmans por 6/2 e 6/4. Porém, nesta quinta, não converteram sequer um dos quatro break points que tiveram, perdendo o serviço em quatro oportunidades.

Um dia antes, na quarta-feira, havia sido eliminado nas quartas de final da chave de simples ao perder para o israelense Dudi Sela por 7/5 e 6/1. Na estreia, havia passado por Donskoy, que nesta quinta foi um dos seus algozes nas duplas.

Mais conteúdo sobre:
tênis Bruno Soares Rogério Dutra Silva

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.