Bruno Soares derrota Melo e é campeão nas duplas em Toronto

Triunfo confirma o ótimo retrospecto da dupla austro-brasileira diante de Melo e Dodig, agora com cinco vitórias em cinco jogos

Estadão Conteúdo

10 de agosto de 2014 | 15h30

Bruno Soares se deu melhor no duelo com Marcelo Melo na final da chave de duplas do Masters 1.000 de Toronto e conquistou o título do torneio canadense. Neste domingo, Soares e o austríaco Alexander Peya derrotaram Melo e o croata Ivan Dodig por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3, em 1 hora e 4 minutos.

No primeiro set, Soares e Peya converteram o único break point que tiveram, no quinto game e depois fizeram 4/2 ao confirmarem o serviço. Assim, com a boa vantagem adquirida, venceram a parcial por 6/4. 

Em vantagem, Soares e Peya conseguiram uma quebra de saque logo no terceiro game do segundo set e depois fizeram 3/1, ficando muito perto da conquista do título. E a vitória foi sacramentada com mais um break point convertido, dessa vez no nono game. Assim, Soares e Peya fecharam a parcial em 6/3 e o jogo em 2 sets a 0. 

O triunfo confirmou o ótimo retrospecto de Soares e Peya diante de Melo e Dodig, agora com cinco vitórias em cinco jogos. E o com o resultado deste domingo, Soares e Peya defenderam o título do Masters 1.000 canadense conquistado no ano passado, quando o torneio foi disputado em Montreal. 

Além disso, este foi o décimo troféu levantado pela dupla, sendo o segundo em 2014. Já o brasileiro passou a somar 18 títulos na sua carreira. Melo e Dodig, por sua vez, disputaram a quinta final juntas e somam apenas um título - Melo já levantou outros 12 troféus de duplas na sua carreira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.