Glyn Kirk/AFP
Glyn Kirk/AFP

Bruno Soares e Jamie Murray vencem e buscarão bicampeonato do Torneio de Queen's

Brasileiro e britânico derrotam Oliver Marach e Mate Pavic por 2 sets a 1 e enfrentarão John Peers e Henri Kontinen

Estadão Conteúdo

23 Junho 2018 | 15h14

Atuais campeões de duplas do Torneio de Queen's, o brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray se garantiram na luta pelo bicampeonato do ATP 500 inglês realizado em quadras de grama ao vencerem neste sábado ao vencerem o austríaco Oliver Marach e o croata Mate Pavic por 2 sets a 0, de virada, com parciais de 3/6, 7/6 (8/6) e 10/7, em uma das semifinais da competição em Londres.

+ Federer vence azarão e busca 10ª título em Halle

Soares e Murray acabaram eliminando os principais cabeças de chave desta disputa do evento preparatório para Wimbledon, Grand Slam que começará no próximo dia 2 de julho, também na capital inglesa.

Eles triunfaram após 1h30min de confronto e assim se credenciaram para enfrentar na decisão deste domingo a parceria formada pelo australiano John Peers e o finlandês Henri Kontinen, que asseguraram vaga na luta pelo título já na última sexta-feira, quando bateram os britânicos Kyle Edmund e Neal Skupski por 2 sets a 1.

Na semifinal deste sábado, Marach e Pavic começaram melhor o confronto e, sem terem o saque quebrado por nenhuma vez, converteram um de três break points para fazer 6/3 e abrir vantagem no placar. Já na segunda parcial, cada dupla conquistou uma quebra de serviço e assim a disputa foi ao tie-break, no qual Soares e Murray foram um pouco melhores para fechar em 8/6.

Já no match tie-break, o brasileiro e o britânico sofreram um pouco menos e conquistaram a vantagem de 10/7 para avançar à decisão em Queen's. Soares buscará, por sua vez, o seu terceiro título de duplas do ATP 500 inglês, onde também já foi campeão em 2014, então fazendo parceria com o austríaco Alexander Peya.

Mais conteúdo sobre:
tênisBruno SoaresJamie Murray

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.