Abbie Parr/AFP
Abbie Parr/AFP

Bruno Soares tem domingo perfeito e ganha dois jogos no US Open

Brasileiro vence nas duplas masculinas ao lado de Jamie Murray e nas femininas com Timea Babos

Estadão Conteúdo

03 de setembro de 2017 | 21h54

O tenista brasileiro Bruno Soares passou um domingo perfeito no Complexo de Flushing Meadows, em Nova York. O mineiro, um dos melhores duplistas do mundo, entrou em quadra duas vezes pelo US Open - o quarto e último Grand Slam da temporada, disputado em quadras duras - e ganhou as duas partidas que jogou, uma na chave de duplas masculinas e outra na de duplas mistas.

O primeiro duelo no qual Bruno Soares se deu bem foi nas duplas masculinas. Jogando ao lado do parceiro britânico Jamie Murray, o mineiro superou a dupla formada pelo gaúcho Marcelo Demoliner e pelo neozelandês Marcus Daniell por 2 sets a 0 - com parciais de 7/6 (7/4) e 6/3 -, em partida válida pela segunda rodada do US Open.

Nas oitavas de final, Bruno Soares e Jamie Murray, cabeça de chave número 4, irão enfrentar o sueco Robert Lindstedt e o australiano Jordan Thompson, que haviam eliminado na estreia os cabeças 15 Santiago González (Colômbia) e Donald Young (Estados Unidos) e neste domingo tiraram o australiano John Millman e o britânico Ken Skupski por 7/6 (7/4) e 6/1. O vencedor deste duelo já sabe que terá nas quartas de final os cabeças 12 do torneio: a forte parceria formada pelo holandês Jean-Julian Rojer e pelo romeno Horia Tecau.

Mais tarde, ao lado da húngara Timea Babos, Bruno Soares ganhou nas duplas mistas e já está nas quartas de final. Contra a romena Raluca Olaru e o croata Nikola Mektic, a vitória foi por 2 sets a 0, com as parciais de 7/5 e 6/3. Na próxima fase, os dois irão enfrentar a parceria formada pela norte-americana Coco Vandeweghe e por Horia Tecau.

O tenista mineiro tem dois títulos de duplas mistas no US Open, obtidos em 2012 com a russa Ekaterina Makarova e em 2015 ao lado da indiana Sania Mirza. Além disso, é o atual campeão das duplas masculinas com Jamie Murray.

Já Marcelo Demoliner não teve a mesma sorte também nas duplas mistas. Ele teve uma incrível chance de surpreender os cabeças 1 da chave. Sacou com match-point a favor no match tie-break, mas errou um voleio e, assim, em parceria com a veterana checa Kveta Peschke, foi eliminado por Jamie Murray e pela suíça Martina Hingis por 2 sets a 1 - com parciais de 6/0, 4/6 e 11 a 9.

SIMPLES

Pablo Carreño Busta colocou um ponto final ao sonho do jovem e talentoso canadense Denis Shapovalov, de apenas 18 anos, no US Open. Neste domingo, pelas oitavas de final, o espanhol número 19 do mundo precisou de três tie-breaks (7/2, 7/4 e 7/3) para superar o adversário, sensação do torneio até então.

Número 69 do ranking mundial da ATP, Denis Shapovalov não teve classificação suficiente para entrar na chave principal. Por isso, disputou o qualifying, onde venceu três vezes. E no caminho até as oitavas de final derrubou o oitavo cabeça de chave, o francês Jo-Wilfried Tsonga.

"Meu objetivo é aumentar o nível do tênis canadense e ter mais filhos pegando uma raquete em vez de uma vara de hóquei. Eu acho que definitivamente ajudei a fazer isso", disse Denis Shapovalov logo após a derrota.

Pablo Carreño Busta enfrenta nas quartas de final Diego Schwartzman. O tenista argentino derrubou o francês Lucas Pouille, cabeça de chave número 16. A vitória por 3 sets a 1 veio com as parciais de 7/6 (7/3), 7/5, 2/6 e 6/2.

Quem também avançou foi o sul-africano Kevin Anderson, cabeça de chave número 28, que suou para derrotar o italiano Paolo Lorenzi por 3 sets a 1 - com parciais de 6/4, 6/3, 6/7 (4/7) e 6/4.

Nesta segunda-feira, também pelas oitavas de final do Grand Slam norte-americano, o destaque fica para dois jogos da chave masculina de simples: o espanhol Rafael Nadal enfrenta o ucraniano Alexandr Dolgopolov. E o suíço Roger Federer encara o alemão Philipp Kohlschreiber.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.