Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Campeão do Rio Open, sérvio sobe 53 posições na ATP

Laslo Djere agora ocupa a 37ª posição; Novak Djokovic continua como número 1

Redação, Estadão Conteúdo

25 de fevereiro de 2019 | 10h10

O título do Rio Open, inédito em sua carreira, rendeu bons frutos ao sérvio Laslo Djere. Fã do compatriota Novak Djokovic, atual número 1 do mundo, o tenista subiu 53 posições no ranking da ATP, atualizado nesta segunda-feira, e entrou no Top 50. Com os 500 pontos conquistados no torneio realizado nas quadras de saibro do Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro, é agora o 37.º colocado.

Na campanha do título, Djere comentou que não tinha qualquer expectativa de ser campeão, ainda mais encarando logo de cara, na primeira rodada, o austríaco Dominic Thiem, número 8 do mundo e principal cabeça de chave do Rio Open. "Quando saiu a chave eu fiquei desapontado por ter que enfrentar o cabeça de chave número 1 logo na estreia. Definitivamente minha expectativa não era vencer aqui, mas estava treinado bem e tentei pensar que poderia vencer", revelou o sérvio de 23 anos.

Mas não foi somente o campeão que comemorou uma grande ascensão no ranking. Derrotado na final, o canadense Felix Auger Aliassime, uma das revelações no circuito profissional, ganhou 44 posições e entrou de vez no Top 100 com a 60.ª colocação. "Foi uma pena, mas também não vou perder muito o meu sono por causa dessa derrota. Quero me manter positivo e seguir para a próxima. Vou para São Paulo e agora é tentar relaxar um pouco e me recuperar", disse o tenista de 18 anos, que jogará nesta semana o Brasil Open, um ATP 250 na capital paulista.

Entre os 10 primeiros colocados, nada de mudanças. Atrás de Djokovic seguem o espanhol Rafael Nadal, o alemão Alexander Zverev e o argentino Juan Martin del Potro. O suíço Roger Federer, que nesta semana disputa o ATP 500 de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, continua em sétimo lugar.

Os dois melhores brasileiros no ranking tiveram o que comemorar, apesar de decepcionarem no Rio Open. O cearense Thiago Monteiro subiu seis posições, para o 120.º lugar, e segue como número 1 do País. O paulista Rogério Dutra Silva ganhou três e é agora o 139.º colocado.

FEMININO

No ranking da WTA, o grande destaque é a subida da checa Petra Kvitova do quarto para o terceiro lugar, bem perto da romena Simona Halep - a diferença para a segunda colocada é de apenas 122 pontos. A liderança segue com a japonesa Naomi Osaka, que decepcionou em seu primeiro torneio disputado como número 1 do mundo - caiu na estreia pelo Torneio de Dubai.

Mas quem mais subiu na lista atualizada nesta segunda-feira foi a suíça Belinda Bencic. A campeã em Dubai ganhou 22 posições e assumiu a 23.ª colocação, bem perto de entrar no Top 20. Nesta semana, ela eliminou três cabeças de chave em sua campanha, entre elas Simona Halep.

A melhor brasileira continua sendo Beatriz Haddad Maia, que conseguiu passar pelo qualifying neste final de semana e vai jogar a chave principal do Torneio de Acapulco, no México. A tenista paulista se manteve na 172.ª colocação.

Confira o ranking da ATP:

1.º - Novak Djokovic (SER) - 10.955

2.º - Rafael Nadal (ESP) - 8.320

3.º - Alexander Zverev (ALE) - 6.475

4.º - Juan Martín Del Potro (ARG) - 5.085

5.º - Kevin Anderson (AFS) - 4.595

6.º - Kei Nishikori (JAP) - 4.190

7.º - Roger Federer (SUI) - 4.100

8.º - Dominic Thiem (AUT) - 3.800

9.º - John Isner (EUA) - 3.270

10.º - Marin Cilic (CRO) - 3.095

11.º - Stefanos Tsitsipas (GRE) - 2.965

12.º - Karen Khachanov (RUS) - 2.675

13.º - Borna Coric (CRO) - 2.605

14.º - Milos Raonic (CAN) - 2.275

15.º - Daniil Medvedev (RUS) - 2.230

16.º - Marco Cecchinato (ITA) - 2.091

17.º - Fabio Fognini (ITA) - 2.090

18.º - Roberto Bautista (ESP) - 1.955

19.º - Nikoloz Basilashvili (GEO) - 1.820

20.º - Pablo Carreño (ESP) - 1.705

120.º - Thiago Monteiro (BRA) - 488

139.º - Rogério Dutra Silva (BRA) - 417

235.º - Thomaz Bellucci (BRA) - 209

Confira o ranking da WTA:

1.ª - Naomi Osaka (JAP) - 6.871 pontos

2.ª - Simona Halep (ROM) - 5.727

3.ª - Petra Kvitova (RCH) - 5.605

4.ª - Sloane Stephens (EUA) - 5.307

5.ª - Karolina Pliskova (RCH) - 5.145

6.ª - Elina Svitolina (UCR) - 4.900

7.ª - Kiki Bertens (HOL) - 4.885

8.ª - Angelique Kerber (ALE) - 4.880

9.ª - Aryna Sabalenka (BIE) - 3.565

10.ª - Serena Williams (EUA) - 3.406

11.ª - Anastasija Sevastova (LET) - 3.325

12.ª - Ashleigh Barty (AUS) - 3.285

13.ª - Caroline Wozniacki (DIN) - 3.117

14.ª - Daria Kasatkina (RUS) - 2.985

15.ª - Julia Görges (ALE) - 2.780

16.ª - Elise Mertens (BEL) - 2.745

17.ª - Madison Keys (EUA) - 2.726

18.ª - Qiang Wang (CHN) - 2.580

19.ª - Caroline Garcia (FRA) - 2.460

20.ª - Garbiñe Muguruza (ESP) - 2.430

172.ª - Beatriz Haddad Maia (BRA) - 339

352.ª - Carolina Alves Meligeni (BRA) - 115

449.ª - Gabriela Cé (BRA) - 61

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.