Campeão, Guga segue para Barcelona

Num momento importante do ano e também em sua carreira, Gustavo Kuerten é coroado com o título do Masters Series de Montecarlo. Em mais uma atuação invejável, na partida final, derrotou o marroquino Hicham Arazi por 3 sets a 0, parciais convicentes de 6/3, 6/2 e 6/4 e celebrou seu segundo título no Principado de Mônaco, torneio que já havia vencido também em 1999.Com mais esta conquista, Guga alcançou plenamente seus objetivos nesta semana. Não queria ser rei sem coroa e, depois de ter reconquistado a liderança do ranking mundial, ao ter alcançando as semifinais do Masters Series de Montecarlo, precisava do título para confirmar sua condição de tenista número 1 do mundo.Na lista a ser divulgada nesta segunda-feira pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), Guga irá aparecer no topo da classificação com 380 pontos de vantagem sobre o russo Marat Safin e quase mil a mais que o terceiro colocado, o norte-americano Andre Agassi. Além disso, o tenista brasileiro também vai assumir a vice-liderança da corrida dos campeões - em que são computados apenas os resultados da atual temporada - com 219 pontos, contra 425 do líder, Andre Agassi. Pelo título, Guga somou 500 pontos na lista de entradas e outros 100 na corrida, além de embolsar um cheque de US$ 400 mil A vitória em Montecarlo garantiu também ao tenista brasileiro o seu 13º título na carreira, com 11 deles em quadras de saibro, seu terreno preferido e que, por isso, mereceu ser coroado como o rei do saibro.Ganhou seu quarto troféu em torneios Masters Series, dois em Montecarlo, Roma e Hamburgo, além de ser bicampeão de Roland Garros.A atuação na final em Montecarlo revelou este bom momento de Guga.Sua vitória foi bem mais difícil do que o placar de 3 a 0 possa sugerir. Teve de mostrar todo seu talento e, especialmente, seus novos recursos técnicos. Jamais subiu com tanta eficiência à rede para definir pontos nos voleios e esteve preciso e rápido nas jogadas de habilidade. Com isso, premiou uma torcida de quase nove mil elegantes pessoas na quadra central do Monte Carlo Country Club.Entusiasmado com esta conquista, Guga pode ampliar ainda mais sua liderança no ranking mundial. Depois de celebrar o título em Montecarlo com um jantar entre amigos, o técnico Larri Passos, o irmão Rafael e a cunhada, Letícia, o tenista já segue nesta segunda-feira para Barcelona. Vai jogar esta semana no tradicional torneio Conde de Godô e se chegar a mais um título ganhará 300 pontos. Guga é o cabeça-de-chave número 1 da competição e vai fazer sua estréia só na terça ou quarta-feira, diante do vencedor da partida entre o argentino José Acasuso e um jogador saído do qualifying. O russo Marat Safin, campeão em Barcelona no ano passado, não irá jogar o torneio por causa de uma contusão nas costas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.