Cañas derrota Ferrero e conquista o título do Brasil Open

O tenista argentino Guillermo Cañas derrotou neste domingo o espanhol Juan Carlos Ferrero, algoz de Flávio Saretta, por 2 sets a 0, e conquistou o título do Brasil Open, competição disputada na Costa do Sauípe (BA), em quadra de saibro, que distribuiu mais de R$ 950 milhões em prêmios aos participantes.O último título válido pelo profissional da ATP conquistado por Cañas, atual número 107 do mundo, havia sido em Shangai, na China, no ano de 2004. Vale destacar que o argentino ficou suspenso por 15 meses por ter sido pego no exame antidoping - ele só retornou às quadras em setembro do ano passado.De quebra, essa foi a sétima conquista de Cañas e a primeira vitória sobre Ferrero. Os tenistas já haviam se enfrentado por uma oportunidade, em 2005, no Masters Series de Miami. Na ocasião, o espanhol levou a melhor por 2 a 1. Por sua vez, Ferrero amargou mais uma vez um vice - ele não ganha nada desde 2003, quando faturou o Masters de Madri.Força física do argentinoO primeiro set entre os tenistas foi equilibrado. Mais atento, Ferrero quebrou o serviço do rival e chegou a marcar 4 a 2. No entanto, Cañas acabou se recuperando, forçou o saque e virou o marcador, fazendo 5 a 4 - mesmo assim, a decisão do set ficou para o tie-break. Arrasador, o argentino fez cinco pontos consecutivos e marcou 7/6 (7/4).Ferrero, conhecido na Espanha como "Mosquito", sentiu a derrota e começou desanimado o segundo set. Como resultado, ele teve o saque quebrado logo de cara. Confiante e mostrando um bom condicionamento físico, Cañas, de 29 anos, confirmou todos os seus serviços, ampliou a vantagem e fechou em 6/2.Com o resultado, Cañas deve ficar entre os 70 melhores do ranking da ATP. Ao todo, a partida disputada em Salvador teve cerca de duas horas de duração. O argentino, que já havia sido o campeão de challenger de São Paulo deste ano (derrotou o seu compatriota Diego Hartfield), teve cinco aces, contra apenas um do rival espanhol.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.