Cañas e Ferrero decidem o título do Brasil Open de tênis

O argentino Guillermo Cañas e o espanhol Juan Carlos Ferrero disputam neste domingo o título do Brasil Open de tênis, na Costa do Sauípe, na Bahia. O atleta sul-americano precisou de uma hora e 52 minutos para vencer por sets a 0, com parciais de 7/6 (8/6) e 6/1, na semifinal, seu compatriota Ignacio Chela.Cañas esbanjou frieza para ganhar a partida e contou com a sorte adicional de que Chela perdeu as forças após um soberbo primeiro set, que durou uma hora e 25 minutos. Depois da tensão, o segundo set foi um passeio para Cañas, que quase não precisou pressionar no serviço e sustentar as rebatidas do fundo de quadra para minar as forças de seu oponente."Estou feliz, primeiro porque joguei contra dois grandes amigos [Calleri e Chela] e, depois, porque estive mais relaxado na segunda partida do dia. Por outro lado, jogar contra eles torna a tarefa mais difícil, pois nos conhecemos muito. É um dia muito feliz, ganhei de dois amigos e o clima aqui no Sauípe é bem agradável", comentou Cañas. Mas na final do torneio de tênis mais importante do País, Ferrero surge como favorito já que o cabeça-de-chave número 1 e ganhou do adversário anteriormente, na única partida que disputaram pelo circuito da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) - no Masters Series de Miami, em 2005. O espanhol se classificou para a final ao derrotar sem maiores problemas o brasileiro Flávio Saretta, por 6/2 e 6/4.Ferrero mostrou um rico repertório técnico e definiu o jogo com frieza, mesmo quando o brasileiro tentou aproveitar a pressão do público. A disputa esteve equilibrada até quando a partida estava 2 a 2, mas o brasileiro desperdiçou duas oportunidades para abrir vantagem, e Ferrero não perdoou. Para complicar, o brasileiro ainda ficou cansado, pois horas antes tinha superado o espanhol Nicolás Almagro nas quartas-de-final.Agora Ferrero, que já liderou o ranking mundial em 2003, tenta quebrar um jejum de 39 meses sem ganhar um título no circuito. O mosquito, como é conhecido, triunfou pela última vez no Masters Series de Madri, quando bateu na final o chileno Nicolás Massu há quatro temporadas.A decisão da sétima edição do Brasil Open acontece às 16 horas (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pelo canal pago SporTV. O torneio na Bahia distribui US$ 456 mil (cerca de R$ 957 mil) de premiação.Matéria atualizada às 8h50

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.