Cañas reconhece superioridade de Guga

Finalista de um torneio em que esteve muito perto de dizer adeus à competição ainda na sua estréia, quando salvou três match-points diante do ucraniano Andrei Medvedev, o argentino Guillermo Cañas admitiu ter ficado satisfeito com sua campanha e considera o resultado de hoje em Stuttgart, quando perdeu por 3 a 0 para o brasileiro Gustavo Kuerten, um passo à frente na sua carreira. "Joguei bem, especialmente no início do primeiro set e no quase no fim do jogo", contou. "Mas para vencer o Guga é preciso jogar o máximo o tempo todo para conseguir vencê-lo. Ele (Kuerten) é o melhor jogador de saibro do momento e soube ainda como usar o saque para vencer os pontos decisivos." Cañas confessou ainda que espera encontrar-se novamente com Guga para ter nova oportunidade de buscar uma vitória. "Espero que nosso próximo jogo também seja uma final."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.