Kai Pfaffenbach/Reuters
Kai Pfaffenbach/Reuters

Cansado e sem ritmo, Roger Federer perde na estreia do ATP 250 de Genebra

Derrota para Pablo Andújar, número 75 do mundo, marcou o retorno do suíço ao saibro após duas cirurgias no joelho direito

Redação, Estadão Conteúdo

18 de maio de 2021 | 14h32

O suíço Roger Federer foi eliminado em sua estreia no ATP 250 de Genebra, nesta terça-feira, pelo espanhol Pablo Andújar, número 75 do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/4. A partida marcou o retorno do número oito do ranking, que não jogava desde 11 de março, quando foi derrotado nas quartas de final do ATP 250 de Doha, pelo georiano Nikoloz Basilashvili.

O duelo com Andujar foi a primeira apresentação de Federer no saibro desde a derrota na semifinal de Roland Garros de 2019, diante do espanhol Rafael Nadal. Apesar da visível falta de ritmo, causada pelo período em que se recuperou de duas cirurgias no joelho direito, o suíço teve um bom início, mas encarou um rival forte no jogo de fundo de quadra.

Sem a precisão costumeira no saque (apenas 40% de acerto no primeiro serviço), Federer perdeu o primeiro set por 6/4, após ter seu saque quebrado no décimo game. No segundo set, o suíço impôs um ritmo mais forte e conseguiu abrir vantagem logo no terceiro game, ao quebrar o saque do espanhol e fazer 2 a 1. Apesar do esforço de Andújar em todas as bolas, a partida ficou empatada em 1 a 1, com novo 6/4.

No terceiro set, Federer deu a impressão de que poderia virar o placar, mas, com o passar do tempo, demonstrou cansaço nas longas trocas de bola e os erros se tornaram mais comuns. Andújar aproveitou e ainda contou com um saque bem colocado para marcar mais uma vez 6/4 e definir a vitória sobre o astro de 39 anos e ganhador de 20 títulos de Grand Slam. 

Outro que garantiu vaga nas oitavas de final do torneio foi o italiano Fabio Fognini, sexto cabeça de chave, que derrotou o argentino Guido Pella, com um duplo 6/2. Ele vai enfrentar o sérvio Laslo Djere, que superou o brasileiro Thiago Monteiro por 7/6 (9/7), 3/6 e 5/7.

A grande surpresa do dia em Genebra foi a vitória do suíço Dominic Stricker, número 419 do mundo, sobre o croata Marin Cilic por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/1. Seu próximo rival será o húngaro Marton Fucsovics.

Já o uruguaio Pablo Cuevas passou pelo norte-americano Reilly Opelka (7/6 e 6/2) e agora vai enfrentar na próxima rodada o francês Arthur Cazaux em busca de uma vaga nas quartas de final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.