Claude Paris / AP
Claude Paris / AP

Capitão da França na Davis lamenta ausência de Nadal em semifinal

Número 1 do mundo será desfalque para os espanhóis, próximos adversários dos franceses no torneio

Estadão Conteúdo

11 Setembro 2018 | 12h26

Capitão da França na Copa Davis, Yannick Noah lamentou nesta terça-feira a ausência de Rafael Nadal no time da Espanha para o confronto deste fim de semana, pela semifinal do Grupo Mundial. O número 1 do mundo se machucou durante o US Open e virou desfalque para o aguardado duelo que vale vaga na grande final.

"Eu teria gostado de enfrentar Nadal, ver como seria, estar ao lado da quadra e ver ele em ação. Nunca tive essa oportunidade", declarou Noah, que admitiu mudanças em sua estratégia para orientar a equipe francesa neste duelo, em razão da baixa do melhor tenista do time rival.

"Como fã de tênis, estou decepcionado por ele não vir. E, como capitão, isso muda tudo para o confronto. A 'cara' do duelo é totalmente diferente, principalmente no que se refere à preparação. Quando Nadal joga, são quase dois pontos garantidos para a Espanha. Agora isso muda e temos que nos adaptar", disse Noah.

Ao mesmo tempo, o capitão francês reconheceu que as chances do seu time aumentam diante do desfalque espanhol. "Claro que teremos mais opções agora. Mas, no papel, a equipe espanhola continua sendo melhor que a nossa", afirmou o ex-jogador, ao lançar o favoritismo para os adversários.

Nadal sofreu a lesão durante o jogo contra o argentino Juan Martín del Potro, pela semifinal do US Open, na semana passada. Segundo o espanhol, uma forte e incomum dor no joelho direito o obrigou a desistir da partida ao fim do segundo set. Del Potro liderava o jogo por 2 sets a 0.

Com previsão de retorno às quadras somente daqui a um mês, Nadal anunciou na sequência que não teria condições de defender a Espanha na Davis. Para o seu lugar, o capitão Sergi Bruguera convocou Albert Ramos-Viñolas, número 55 do mundo.

Assim, a equipe espanhola será encabeçada por Pablo Carreño Busta, número dois da Espanha e atual 21º do ranking, Roberto Bautista Agut (26º), Feliciano López (74º) e Marcel Granollers (101º).

Já os franceses, que vão jogar em casa, na cidade de Lille, terão Lucas Pouille (19º), Richard Gasquet (24º), Benoit Paire (54º), Nicolas Mahut (150º) e Julien Benneteau (57º).

 
Mais conteúdo sobre:
tênisCopa DavisRafael Nadal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.