CAS cancela punição ao italiano Filippo Volandri

Tenista havia sido punido por usar um remédio contra asma, de efeito apenas terapêutico

AE-AP, Agencia Estado

31 de março de 2009 | 10h03

A Corte Arbitral do Esporte (CAS) aceitou o recurso do tenista italiano Filippo Volandri e cancelou sua suspensão de três meses por doping, que havia sido aplicada em janeiro pela Federação Internacional de Tênis (ITF, na sigla em inglês). Volandri havia sido punido por usar um remédio contra asma, mas a CAS aceitou a alegação de que o medicamento tinha efeito apenas terapêutico, sem a intenção de ganhar vantagem sobre os rivais.

"O pesadelo acabou, e agora quem cometeu erro era terá de pagar por isso", afirmou o tenista, que pretende processar a entidade máxima do tênis. Volandri estava sem jogar neste ano, pois a pena foi anunciada pouco antes do Aberto da Austrália, e caiu do 109.º lugar no ranking da ATP para o 161.º, pois perdeu os pontos de todos os torneios que jogou desde setembro do ano passado, e agora serão restituídos.

O doping foi flagrado no Masters Series de Indian Wells do ano passado, mas a pena, aplicada apenas em janeiro, com validade até 14 de abril. Liberado para jogar, Volandri deve voltar às quadras na semana que vem, provavelmente no Challenger de Monza, na Itália, e espera ter ranking para poder jogar em Roland Garros, em junho.

Mais conteúdo sobre:
tênisFilippo VolandridopingCAS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.