Casaquistão surpreende Austrália, faz 2 a 0 e fica perto das semifinais da Davis

A Austrália foi surpreendida no primeiro dia da série contra o Casaquistão pelas quartas de final do Grupo Mundial da Copa Davis. Nesta sexta-feira, atuando em casa, na cidade de Darwin, e no piso de grama, os australianos perderam os dois jogos disputados e ficou em situação difícil na luta por uma vaga nas semifinais.

Estadão Conteúdo

17 de julho de 2015 | 09h00

Na abertura da série, Mikhail Kukushkin, número 63 do mundo, derrotou Thanasi Kokkinakis, 69º colocado no ranking, por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/3 e 6/3. Depois, no segundo jogo, o australiano Nick Kyrgios, número 41 do mundo, perdeu para o casaque Aleksandr Nedovyesov, 115º colocado no ranking, por 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/5), 6/7 (2/7), 7/6 (7/5) e 6/4.

As derrotas acabaram acontecendo após dias turbulentos para os tenistas australianos. Bernard Tomic, que foi cortado da equipe após criticar a federação nacional, foi detido em Miami por resistência e infringir a lei do silêncio após queixas de barulhos em seu quarto de hotel.

Já Kyrgios atuou depois de ser criticado por seu comportamento em quadra em Wimbledon, onde o jogador disparou palavrões e quebrou raquetes, sendo multado em US$ 10 mil (aproximadamente R$ 32 mil).

O Casaquistão tenta avançar para as semifinais pela primeira vez. O país tornou-se independente da União Soviética em 1991 e disputa a Copa Davis desde 1995. A classificação pode ser sacramentada neste sábado, quando vai ser disputado o jogo de duplas: os australianos Sam Groth e Lleyton Hewitt vão duelar com os casaques Andrey Golubev e Aleksandr Nedovyesov.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.