Fabrice Coffrini/AFP
Fabrice Coffrini/AFP

Casper Ruud supera Denis Shapovalov e conquista o ATP 250 de Genebra

Tenista norueguês levou a melhor por 2 a 0, com parciais de 7/6 (6) e 6/4

Redação, Estadão Conteúdo

22 de maio de 2021 | 13h14

Deu Noruega na final do ATP 250 de Genebra. Terceiro cabeça de chave do torneio suíço, Casper Ruud levou a melhor sobre Denis Shapovalov, em sets corridos, para conquistar seu segundo título em nível ATP em quatro finais na carreira, o primeiro no ano. Ele fechou o jogo em 2 a 0, parciais de 7/6 (6) e 6/4.

Foi o primeiro confronto entre ambos, que somavam um título de ATP cada. Ruud já havia erguido a taça em Buenos Aires, em 2020. Já Shapovalov tentava ganhar um troféu há mais tempo. Venceu o ATP de Estocolmo, na Suécia, em 2019.

Com a queda do suíço Roger Federer na estreia em Genebra, Shapovalov e Ruud eram os favoritos, pois entrarem como cabeças de chave 2 e 3, respectivamente. Confirmaram a força e fizeram um final dura e equilibrada.

A prova vem nos números do confronto final. O primeiro set foi sem quebras de serviço até o 6/6. No tiebraker, o norueguês levou a melhor quando estava 7/6 e fechou o game com 8/6. No segundo set, Ruud aproveitou a única chance de quebra que teve para fechar o jogo em 6/4.

Contando a semifinal diante do espanhol Pablo Andujar e a decisão com o canadense, Ruud conseguiu a proeza de não oferecer um break point sequer aos oponentes, mostrando força no saque e ótimo trabalho nos games em que sacou. Semifinalista em Montecarlo e Madri, ergue sua primeira taça do ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.