Gabriela Freitas/Divulgação
Gabriela Freitas/Divulgação

CBT espera começar obras do CT em julho

Presidente Jorge Lacerda garante que cessão de terreno na zona oeste de São Paulo está bem encaminhada

André Avelar, estadão.com.br

20 de março de 2010 | 14h14

O tão sonhado Centro de Treinamento da Confederação Brasileira de Tênis (CBT) parece estar próximo. O presidente da entidade Jorge Lacerda já se reuniu com a Secretaria do Meio Ambiente do Estado para a cessão de um terreno na zona oeste de São Paulo e espera até julho para começar as obras.

Veja também:

linkCBT confirma Bauru como sede do confronto da Davis

"A última reunião com o secretário [Xico Graziano] foi muito boa. Ele mostrou total interesse em ceder parte do terreno onde estavam as empresas que faziam a linha amarela do metrô e a previsão é que essas empresas devolvam o espaço até 30 de junho", disse Lacerda.

 

O terreno em questão fica ao lado do Parque Villa Lobos, próximo também da atual sede da CBT. Para a construção do Centro de Treinamento, a proposta é utilizar 50 mil metros quadrados, cerca de 40% do total. Com as obras começando no início do segundo semestre, a previsão é de que fique pronto já em janeiro de 2011.

 

Com a viabilização do espaço, a ideia é trazer o Aberto do Brasil para a capital paulista. Desde 2001, o torneio acontece na Costa do Sauípe (BA). "Se o projeto aqui realmente funcionar, a tendência é sim trazer esses torneios", confirmou Lacerda, que também espera mandar a Copa Davis - o confronto contra o Uruguai acontece em Bauru, de 7 a 9 de maio.

 

Ter uma estrutura própria para seus principais atletas é uma das metas do coordenador técnico Emílio Sanchez. O espanhol, campeão da Davis de 2008 pelo seu país, chega ao Brasil no final de abril para uma série de reuniões e seminários com técnicos e jogadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.