CBT: STJ recoloca Rosa na presidência

Uma nova reviravolta ocorreu nesta sexta-feira na disputa pelos cargos de diretoria da Confederação Brasileira de Tênis (CBT). O ministro João Otávio Noronha, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), concedeu à noite uma liminar restabelecendo a validade da eleição ocorrida em dezembro para a escolha dos novos dirigentes da entidade. Uma decisão anterior à de Noronha, da Justiça do Rio de Janeiro, tinha suspendido os efeitos da eleição.Assim, Jorge Lacerda da Rosa volta a ser o presidente da entidade. O caso chegou ao STJ porque havia um conflito entre decisões judiciais. Noronha tomou sua decisão ao analisar um pedido da Federação Brasiliense de Tênis (FBT) para que resolvesse o conflito.Após analisar a situação, o ministro cassou os efeitos de uma decisão da 47ª Vara Cível do Rio de Janeiro que invalidava a eleição realizada em dezembro. A eleição tinha sido invalidada a pedido da Federação de Tênis do Piauí.Noronha decidiu centralizar os eventuais pedidos urgentes sobre o caso na 17ª Vara Federal do Distrito Federal. Ele também determinou a suspensão do processo que tramita na 47ª Vara Cível do Rio. A Federação de Tênis do Piauí ainda pode recorrer da decisão de Noronha, informou o STJ.

Agencia Estado,

11 de fevereiro de 2005 | 21h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.