Checos vencem nas duplas e viram final contra Espanha

A República Checa surpreendeu a Espanha neste sábado e venceu o jogo de duplas na grande final da Copa Davis, disputada diante de sua torcida, em Praga. Tomas Berdych e Radek Stepanek, que costumam se dedicar mais aos torneios de simples, superaram de virada Marcel Granollers e Marc López, especialistas em duplas e campeões do ATP Finals na semana passada, por 3 sets a 1, com parciais de 3/6, 7/5, 7/5 e 6/3.

AE, Agência Estado

17 de novembro de 2012 | 14h52

Com a vitória inesperada, os checos viraram o placar geral e fizeram 2 a 1 na série melhor-de-cinco jogos. Os anfitriões saíram atrás no confronto com a derrota de Stepanek para David Ferrer no primeiro jogo do duelo, na sexta-feira. Berdych, porém, buscou o empate ao vencer Nicolas Almagro na segunda partida do dia.

O triunfo nas duplas deixa a República Checa em vantagem antes do terceiro e último dia de disputas da final. Mais uma vitória neste domingo garante o título da Davis aos checos. Para tanto, Stepanek e Berdych precisarão mostrar bom preparo físico para aguentar mais uma maratona no domingo.

O segundo é o mais prejudicado pelo cansaço. Além de ter disputado o ATP Finals, na semana passada, ele protagonizou uma batalha de 4 horas de duração e cinco sets contra Almagro na sexta. Neste sábado, jogou mais quatro sets, em 3h20min. Com esta sequência, deverá ter dificuldades para superar Ferrer, o principal tenista da Espanha na disputa, no domingo.

Atual número cinco do mundo, Ferrer ganhou um dia de descanso ao não entrar em quadra neste sábado. Ele foi alçado ao posto de principal tenista espanhol após a confirmação da ausência de Rafael Nadal na grande final da Davis. Ferrer e Berdych, 6º colocado do ranking, devem fazer o primeiro jogo do dia no domingo.

Na sequência, Stepanek, 37º do mundo, vai encarar Almagro, 11º da lista da ATP. Para ficar com o quinto título da Davis nos últimos seis anos, a Espanha precisa vencer as duas partidas deste domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.