Chuva atrapalha e único brasileiro a jogar cai em Bogotá

Pernambucano José Pereira não tem uma boa atuação e leva 2 sets a 0 do italiano Riccardo Ghedin

AE, Agência Estado

20 de setembro de 2010 | 21h16

Quatro brasileiros deveriam fazer a sua estreia nesta segunda-feira pelo Challenger de Bogotá, mas a chuva atrapalhou e apenas José Pereira entrou em quadra no saibro colombiano. O pernambucano, porém, foi presa fácil para o italiano Riccardo Ghedin, sendo eliminado por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1.

Convidado da organização, Pereira valorizou a participação mesmo com a derrota. "Apesar do resultado, foi uma boa experiência. Não consegui jogar meu melhor tênis, porque ele (Ghedin) não me deixou jogar. Cortou muito o ritmo, sacou bem e subiu à rede. Quando eu errava meu saque, ele vinha pra cima, não consegui achar brechas", explicou o tenista.

Além do pernambucano, o brasiliense Eládio Ribeiro Neto, Júlio Silva e o oitavo cabeça de chave Caio Zampieri eram os outros brasileiros que estavam prontos para estrear. No entanto, a chuva só permitiu a realização de uma partida, alagando a quadra logo depois.

A competição em Bogotá faz parte de um circuito de torneios Challenger, com seis etapas. A próxima será na semana que vem, em Montevidéu, no Uruguai. Depois, a competição ainda passa por Argentina, Paraguai e Chile antes de terminar em São Paulo, no fim de outubro.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisChallenger de Bogotá

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.