AP
AP

Cibulkova avança, Halep desiste e Kuznetsova é eliminada em torneio na Rússia

Eslovaca vai às quartas de final do Torneio de São Petersburgo

Estadao Conteudo

03 Fevereiro 2017 | 16h10

A eslovaca Dominika Cibulkova foi a única tenista do Top 10 do ranking da WTA a sobreviver às quartas de final do Torneio de São Petersburgo. Nesta sexta-feira, a número 5 do mundo avançou às semifinais, enquanto a romena Simona Halep nem entrou em quadra para jogar e a russa Svetlana Kuznetsova perdeu um jogo de três sets.

Cabeça de chave número 1 do evento e quarta colocada no ranking da WTA, Halep nem entrou em quadra nesta sexta, por causa de uma lesão no joelho, que havia interferido diretamente na sua participação no Aberto da Austrália, Grand Slam em que foi eliminada logo na primeira rodada.

Na Rússia, Halep havia vencido o seu jogo de estreia, diante da croata Ana Konjuh, mas agora voltou a sofrer com problemas físicos. Com isso a russa Natalia Vikhlyantseva, convidada da organização, está classificada às semifinais, já atingindo a melhor campanha da sua carreira em um torneio da WTA.

Nas semifinais do evento russo, a número 115 do mundo terá pela frente a francesa Kristina Mladenovic. A 51ª colocada no ranking superou nesta sexta-feira a italiana Roberta Vinci, número 21 do mundo e atual campeã em São Petersburgo, por 6/1 e 6/4.

Também nesta sexta, Cibulkova avançou em São Petersburgo ao converter seis break points e perder o seu saque três vezes na vitória por duplo 6/3 sobre a russa Elena Vesnina, a 16ª colocada no ranking da WTA, em 1 hora e 25 minutos.

A próxima adversária de Cibulkova vai ser Yulia Putintseva. A casaque, que ocupa o 34º lugar no ranking, venceu Kuznetsova, a número 8 do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/7 (4/7) e 7/5, em uma batalha de 2 horas e 34 minutos. Kuznetsova pecou ao cometer seis duplas faltas em um duelo com 14 break points convertidos, sendo oito por Putintseva.

Mais conteúdo sobre:
Cibulkova Halep tênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.