Tony Gentile/Reuters
Tony Gentile/Reuters

Cilic e Fognini vencem em confrontos das quartas de final da Copa Davis

Favoritos levam a melhor em confrontos diante de casaque e francês

Estadão Conteúdo

06 de abril de 2018 | 16h50

Em confrontos das quartas de final da Copa Davis, o croata Marin Cilic e o italiano Fabio Fognini venceram seus jogos, nesta sexta-feira. Atual número três do mundo, Cilic foi quem teve menos dificuldade para abrir vantagem, na série contra o Casaquistão. Já Fognini precisou de quatro sets para empatar o duelo contra a França.

+ Zverev bate Ferrer, mas Nadal arrasa alemão e empata duelo para Espanha na Davis

Jogando no saibro da cidade croata de Varazdin, Cilic bateu o casaque Dmitry Popko por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/1 e 6/2. Em grande fase, o tenista da casa disparou dez aces e acertou 32 bolas vencedoras. No total, ele perdeu apenas 11 pontos em seus games de serviço. Neste ritmo, finalizou o jogo contra o atual 258º do mundo em 1h41min.

A vantagem croata, contudo, durou pouco. Na sequência, Borna Coric foi surpreendido por Mikhail Kukushkin. Franco favorito, por viver boa ascensão no circuito, Coric até venceu o primeiro set, mas cedeu a virada para o atual 92º do mundo. Kukushkin fechou o jogo contra o 28º da lista da ATP pelo placar de 3 sets a 1, com parciais de 3/6, 7/5 (7/2), 6/4 e 6/2.

Com o revés de Coric, uma das sensações deste início de temporada, a série melhor de cinco jogos está empatada em 1 a 1. O confronto será desempatado neste sábado, com o jogo de duplas. Favoritos, os croatas devem ter Ivan Dodig, ex-parceiro de Marcelo Melo, e Nikola Mektic.

O vencedor desta série vai enfrentar na semifinal será o vitorioso do confronto entre Estados Unidos e Bélgica.

Em outro confronto das quartas, a Itália buscou o empate com a França, nesta. Após triunfo de Lucas Pouille sobre Andreas Seppi, os italianos responderam com a vitória de Fabio Fognini sobre Jeremy Chardy pelo placar de 3 sets a 1, com parciais de 6/7 (6/8), 6/2, 6/2 e 6/3, no saibro de Gênova.

A igualdade de 1 a 1 será quebrada neste sábado, também com o duelo de duplas. Os franceses são os favoritos, com Pierre Hugues-Herbert e Nicolas Mahut, mais experientes em duplas, contra Simone Bolelli e Paolo Lorenzi.

Os vencedores do duelo terão pela frente quem sair com o triunfo do duelo entre Espanha e Alemanha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.