Martin Bureau/AFP
Martin Bureau/AFP

Classificado para as oitavas, Federer desiste de competir em Roland Garros

'É importante saber ouvir o meu corpo', justifica o tenista suíço de 39 anos em comunicado oficial

Redação, Estadão Conteúdo

06 de junho de 2021 | 12h26

Roger Federer está fora de Roland Garros. O suíço anunciou, neste domingo, sua desistência após ter vencido no sábado o alemão Dominic Koepfer, por 3 sets a 1, garantindo vaga nas oitavas de final do Grand Slam francês.

"Depois de discutir com meu time eu decidi neste domingo que precisava abandonar Roland Garros. Depois de duas cirurgias no joelho e quase um ano de reabilitação é importante saber ouvir o meu corpo e não quero me forçar tão logo nesta minha recuperação", disse o atleta, de 39 anos, em um comunicado.

"Estou empolgado por ter conseguido vencer três partidas aqui e não há sensação melhor do que essa de estar de volta às quadras", afirmou Federer, que iria enfrentar Matteo Berrettini nas oitavas de final. O italiano, desta forma, é beneficiado pelo vaga já nas quartas.

A direção de Roland Garros lamentou o abandono de Federer do restante da competição, mas compreendeu o momento pelo qual o astro passa na carreira e desejou um bom restante de ano para sua carreira.

"O torneio de Roland Garros lamenta a desistência de Roger Federer, que mostrou muita força ontem à noite. Estamos maravilhados pode vê-lo de volta a Paris, onde fez três partidas de alto nível. Desejamos o melhor para ele e que tenha uma grande temporada", disse Guy Forget, diretor do torneio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.