Clezar vence eslovaco e está a uma vitória da chave principal do Rio Open

Brasileiro, atual 281º do ranking, pode ser o quinto brasileiro garantido no torneio

Estadão Conteudo

18 Fevereiro 2017 | 16h46

O tenista brasileiro Guilherme Clezar está na última rodada do qualifying do Rio Open, um torneio de nível ATP 500. Neste sábado, o atual 281.º do ranking mundial vencia o eslovaco Jozef Kovalik, 121.º colocado, por 5 games a 1, quando o adversário desistiu ainda no primeiro set.

O próximo adversário de Guilherme Clezar será o espanhol Roberto Carballes Baena, 131.º do mundo, que também neste sábado derrotou Felipe Meligeni Rodrigues Alves, sobrinho do consagrado Fernando Meligeni, por 6/3, 4/6 e 6/0. Se vencer Baena, o brasileiro se garantirá na chave principal do Rio Open.

"Entrei na chave do qualifying de última hora, então nem fiz uma preparação adequada para a disputa. Vencer dessa maneira vai ser bom para que eu tenha mais tempo de treino e adaptação para a próxima partida", comentou Guilherme Clezar.

Os demais tenistas brasileiros, contudo, foram eliminados neste sábado. João Pedro Sorgi perdeu para o belga Arthur De Greef por 6/4 e 6/3, enquanto que Orlando Luz até fez um jogo equilibrado, mas caiu para o argentino Guido Andreozzi de virada - com parciais de 5/7, 6/3 e 6/4.

"Queria fazer uma melhor apresentação do que fiz no ano passado, jogar melhor e acho que consegui. Joguei bem no primeiro set, ele foi mais efetivo na hora de fechar o jogo. Agora é treinar mais e seguir em frente", comentou Orlando Luz, uma das grandes promessas do tênis brasileiro.

A chave principal do Rio Open acontece entre 20 e 26 deste mês, no Jockey Club Brasileiro. Thomaz Bellucci, Thiago Monteiro, Rogério Dutra da Silva e João Souza, o Feijão, são os quatro tenistas brasileiros já garantidos nas simples.

Mais conteúdo sobre:
Tênis tênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.