Clijsters diz que título foi um dos mais duros da vida

DOHA - Campeã do Masters da WTA pela terceira vez na carreira - os outros foram em 2002 e 2003 -, a belga Kim Clijsters comentou neste domingo, logo após a vitória por 2 sets a 1 sobre a dinamarquesa Caroline Wozniacki, em Doha (Catar), que sua conquista foi uma das mais difíceis e equilibradas de sua vida.

AE, Agência Estado

31 de outubro de 2010 | 16h35

Veja também:

link Clijsters bate Wozniacki e conquista título do Masters

"Senti que não acabaria mais. Foi realmente uma dura batalha com grandes jogadas, um grande tênis com muita força física", disse a belga ainda na quadra, após duas horas e 19 minutos de jogo

Clijsters comentou que está muito feliz pelo momento que atravessa e ainda fez questão de elogiar a sua adversária. "Estou muito contente por ter vencido. Obviamente Caroline (Wozniacki) está desapontada, mas não sei quanto anos mais estarei jogando bem como hoje. E ela tem um grande futuro pela frente", afirmou a tenista da Bélgica, que faturou um prêmio de quase US$ 1,5 milhão (R$ 2,55 milhões).

Wozniacki, mesmo triste com a derrota, devolveu os elogios recebidos de sua rival. "Foi uma semana fantástica para mim. Kim (Clijsters) jogou muito bem hoje (domingo) e merece a conquista", disse a dinamarquesa, que agora tentará a sorte no Masters da WTA em outro lugar a partir de 2011. Isso porque o torneio será realizado, nos próximos três anos, em Istambul, na Turquia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.