Clijsters perde de virada e está fora de Roland Garros

A belga Kim Clijsters foi eliminada de forma surpreendente de Roland Garros, nesta quinta-feira, ao cair diante da holandesa Arantxa Rus por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 3/6, 7/5 e 6/1, logo na segunda rodada do Grand Slam francês.

AE, Agência Estado

26 de maio de 2011 | 08h48

Cabeça de chave número 2 da competição e ex-número 1 do mundo, Clijsters parecia encaminhar mais uma vitória tranquila, depois de ter estreado batendo a bielo-russa Anastasiya Yakimova por 6/2 e 6/3, mas viu sua adversária reagir de forma impressionante e ainda consolidar o seu triunfo com propriedade no último set.

Para se ter uma ideia de como o revés foi surpreendente, a tenista da Bélgica chegou a desperdiçar dois match points no segundo set, o qual chegou a liderar por 5 a 2. Vencedora do Aberto da Austrália deste ano, Clijsters teve a sua participação em Roland Garros colocada em dúvida depois de lesionar o tornozelo direito, fato que a fez perder os torneios de preparação no saibro. E, nesta quinta, ela mostrou realmente não estar totalmente recuperada da contusão.

Com o feito diante da belga, Arantxa Rus terá pela frente na terceira rodada de Roland Garros a vencedora do confronto entre a russa Maria Kirilenko e a sul-africana Chanelle Scheepers, que também será realizado nesta quinta.

No duelo desta quinta, Clijsters perdeu um jogo que parecia ganho por ter abusado do direito de cometer vacilos. Ao total, contabilizou nada menos do que 65 erros não-forçados, contra apenas 22 de sua adversária. Para completar, ela mostrou instabilidade no saque, com o qual teve apenas 63% de aproveitamento no primeiro serviço e fez 10 duplas faltas.

Além do jogo que marcou a surpreendente eliminação de Clijsters, outras quatro partidas já foram encerradas nesta quinta em Roland Garros. Em uma delas, a checa Petra Kvitova, nona cabeça de chave, venceu a chinesa Jie Zheng por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1, e avançou à terceira rodada, na qual enfrentará a vencedora do confronto entre a norte-americana Vania King e a britânica Elena Baltacha.

A polonesa Agnieszka Radwanska, 12.ª cabeça de chave, também confirmou o seu favoritismo diante da indiana Sania Mirza ao ganhar por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4, e se garantir na terceira rodada. Com isso, ela lutará por um lugar nas oitavas de final contra a belga Yanina Wickmayer, que nesta quinta superou a japonesa Ayumi Morita por 2 sets a 0, com 6/4 e 7/5.

Já a romena Sorana Dulgheru Cirstea venceu o duelo que travou com a sua compatriota Alexandra Dulgheru, também por 2 sets a 0, com 6/2 e 7/5, e se credenciou para enfrentar na terceira rodada a ganhadora do embate entre a chinesa Na Li e a espanhola Silvia Soler.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.