Clijsters vence Wozniacki e é campeã do US Open

A belga Kim Clijsters comprovou neste domingo que está entre os grandes nomes da história do tênis feminino. Depois de passar dois anos e meio aposentada, ela voltou a competir no mês passado e, em seu terceiro torneio neste retorno, já conquistou o título do US Open, o último Grand Slam da temporada, que é disputado em Nova York.

AE, Agencia Estado

14 de setembro de 2009 | 00h06

Por causa da chuva que caiu em Nova York na semana passada e atrasou a programação do torneio, a final da chave feminina do US Open, que deveria acontecer no sábado, foi realizada na noite deste domingo. E Clijsters venceu a dinamarquesa Caroline Wozniacki, atual número 8 do ranking mundial, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3.

Como homenagem pelo 50 anos da conquista do seu primeiro título no US Open, a brasileira Maria Esther Bueno foi responsável por sortear a primeira a sacar na final deste domingo. Depois, quando começou a disputa, Clijsters conseguiu superar a juventude de Wozniacki, tenista de apenas 19 anos que chegou à sua primeira final de um Grand Slam.

Atualmente com 26 anos, Clijsters já foi a número 1 do mundo. Mas resolveu abandonar o tênis em maio de 2007, quando se casou e teve uma filha (Jada, hoje com 18 meses). Recentemente, ela decidiu voltar a jogar. Disputou, então, dois torneios preparatórios, em Cincinnati (Estados Unidos) e Toronto (Canadá), antes de encarar o US Open.

Como ficou tanto tempo sem jogar, Clijsters não tinha nem posição no ranking mundial. Assim, precisou de um convite para disputar o US Open. No caminho até o título, ela superou poderosas rivais, como as irmãs Venus e Serena Williams. Na final, encontrou pela primeira vez na carreira com Wozniacki e não perdeu a chance de vencer.

Foi o 35º título de Clijsters na carreira, sendo o segundo em torneios de Grand Slam. Em 2005, ela já tinha ganhado justamente o US Open, feito que repete agora, para surpresa de todos, já que pouco se esperava de uma tenista que ficou tanto tempo parada. Mas essa belga de 26 anos mostrou neste domingo que é mesmo uma grande campeã.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisUS OpenClijsters

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.