Clima atrapalha preparação brasileira para Copa Davis

Melhor do País, Thomaz Bellucci deve dificuldades para suportar o calor de 50º Celcius na Índia

AE, Agência Estado

13 de setembro de 2010 | 16h15

O calor têm sido o principal adversário da equipe brasileira no início da preparação do confronto com a Índia, pela repescagem do Grupo Mundial da Copa Davis. Melhor tenista do País, Thomaz Bellucci teve, inclusive, dificuldades para concluir um treino em Chennai por conta das altas temperaturas.

"O clima está bem úmido, está complicado de treinar muito, estamos tendo que dosar bastante durante os treinos, mas é uma questão de adaptação. Acho que em um, dois dias, já estaremos adaptados, não deve ser problema", afirmou Bellucci, garantindo que o clima não será um empecilho para um bom desempenho no duelo com a Índia, entre os dias 17 e 19 de setembro.

Ricardo Mello também revelou dificuldade para adaptação ao fuso horário, já que os jogadores estão na Índia apenas desde o sábado. "Acho que os primeiros dias são os mais difíceis. A gente ainda está se acostumando com o fuso horário, vamos nos acostumando com o clima. Apesar de eu não ter parado ali no treino, também cansei bastante. A diferença daqui e em Nova York, onde eu, o Bellucci, o Thiago estávamos, é que aqui está mais abafado também. Mas tenho certeza que até sexta todos estarão bem", disse.

O juvenil Guilherme Clezar se juntou ao grupo, que agora está completo na Índia, com os titulares Thomaz Bellucci, Bruno Soares, Marcelo Melo, Ricardo Mello e os reservas Rafael Camilo e Thiago Alves.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.