Tertius Pickard/AP
Tertius Pickard/AP

Com 1000ª vitória na carreira, Federer fatura titulo em Brisbane

Número 2 do ranking mundial também amplia o seu retrospecto positivo em finais, agora com 83 conquistas em 125 decisões

Estadão Conteúdo

11 de janeiro de 2015 | 10h53

Foi com um título que Roger Federer conquistou a milésima vitória da sua gloriosa carreira. Neste domingo, o número 2 do mundo fez história ao alcançar a expressiva marca e conquistar o título do Torneio de Brisbane, ATP 250 disputado na Austrália, ao derrotar na decisão o canadense Milos Raonic, oitavo colocado no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 6/7 (2/7) e 6/4, em 2 horas e 13 minutos.

Derrotado na decisão de 2014 em Brisbane, Federer agora conquistou o seu primeiro título do torneio australiano. E o suíço passou a somar 1000 vitórias e 227 derrotas na sua carreira, marca só alcançada anteriormente por dois tenistas já aposentados, Jimmy Connors, com 1.253 triunfos, e Ivan Lendl, com 1.071.

Dono de 17 títulos dos torneios do Grand Slam, Federer também ampliou o seu retrospecto positivo em finais, agora com 83 títulos em 125 decisões. Além disso, indicou que está na rota certa na preparação para o Aberto da Austrália, que começará em 19 de janeiro, afinal já começou o ano com um título - em 2014, foi campeão cinco vezes. Já Raonic acumula seis títulos em 14 finais na sua carreira.

Com os dois tenistas sacando forte - foram oito aces de Federer e sete de Raonic -, o primeiro set da decisão do Torneio de Brisbane só teve um break point, no terceiro game. E o suíço o converteu, encaminhando o seu triunfo, que foi assegurado com o placar de 6/4.

Embalado, Federer largou no segundo set com uma quebra de serviço no primeiro game, mas perdeu o seu saque no quarto. Assim, a definição da parcial ficou para o tie-break. O suíço ainda abriu 2/0, mas Raonic fez sete pontos seguidos e, assim, empatou a decisão.

O terceiro set repetiu o equilíbrio das parciais anteriores, com cada tenista tendo cinco break points. Federer converteu o último deles, no décimo game, para fechar a parcial em 6/4, conquistando o título do Torneio de Brisbane e faturando a milésima vitória da sua carreira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.