Cristiano Andujar/ Divulgação
Cristiano Andujar/ Divulgação

Com Bellucci, equipe do Brasil treina completa para duelo na Davis

No final de semana, seleção enfrenta o Equador em Belo Horizonte

Estadão Conteúdo

11 de julho de 2016 | 20h29

A equipe do Brasil na Copa Davis fez seu primeiro treino com grupo completo, nesta segunda-feira, em preparação para o duelo com o Equador, pelo Zonal Americano I, no fim de semana. Bruno Soares e Thomaz Bellucci foram os últimos a se apresentar à equipe, que jogará a partir de sexta-feira na Arena Tênis Clubes, em Belo Horizonte.

Além da dupla, outro a se apresentar foi o capitão João Zwetsch, que também treina Bellucci. Zwetsch estava acompanhando seu pupilo no Challenger de Braunschweig, na Alemanha. O número 1 do Brasil faturou o título na competição alemã, no sábado. Enquanto o capitão estava na Alemanha, os jogadores foram treinados por Daniel Melo.

"Acabei ficando responsável esses dois dias porque o João ganhou o troféu lá com o Thomaz e chegou um pouco mais tarde, mas estamos aqui para ajudar", disse Daniel Melo. "As condições estão ótimas, os meninos fizeram grandes treinamentos, o Rogério, Marcelo e Bruno junto com os juvenis se adaptaram muito bem", comentou, referindo-se ao apoio dos juvenis Guilherme Clezar, Marcelo Zormann e Thiago Wild na capital mineira.

Em uma rápida avaliação da quadra onde será disputado o confronto contra os equatorianos, Daniel Melo aprovou as condições do local. "A quadra está um pouco lenta do jeito que a gente queria, a bola também não está tão pequena e está um pouco rápida por causa da altura da cidade, mas nada que eles não gostem porque sempre se adaptaram bem a esse piso", afirmou.

Para este confronto, o Brasil terá Bellucci e Rogério Dutra Silva para os jogos de simples, e Bruno Soares e Marcelo Melo para a partida de duplas. Os reservas são os próprios juvenis. Nesta terça, jogadores e comissão técnica vão conceder entrevista coletiva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.