Patrick Hertzog|AFP
Patrick Hertzog|AFP

Com boa recuperação, Kvitova recebe alta de hospital após cirurgia na mão

Tenista precisou ser submetida a uma cirurgia após sofrer ataque durante assalto

Estadão Conteúdo

23 de dezembro de 2016 | 11h45

A tenista checa Petra Kvitova recebeu alta nesta sexta-feira do hospital em que estava internada desde a terça, em razão do ataque a faca de que foi vítima, em seu apartamento. Canhota, ela sofrera ferimentos graves na mão esquerda, que precisou ser submetida a uma cirurgia.

Ao deixar o hospital, Kvitova fez breve pronunciamento em que revelou a avaliação dos médicos. Segundo a tenista, os especialistas afirmaram que o ferimento está "bem e sem complicações". "Eu me sinto melhor a cada dia", afirmou a ex-número dois do mundo, dona de dois títulos em Wimbledon.

Kvitova sofreu lesões nos cinco dedos da mão esquerda ao se defender dos ataques de faca de um invasor, na manhã de terça-feira, em seu apartamento na cidade checa de Prostejov. O episódio foi descrito pela porta-voz como uma tentativa de assalto, sem vínculo pessoal com a tenista. O ladrão teria levado cerca de 5 mil coroa checas (cerca de R$ 654) do local.

As lesões preocupam e até colocam a carreira da tenista em dúvida porque Kvitova é canhota. Pelas previsões iniciais dos médicos, a checa ficará ao menos seis meses afastada das quadras, perdendo competições importantes, como o Aberto da Austrália e Roland Garros, dois dos quatro torneios de Grand Slam do circuito profissional.

Nesta sexta, ela garantiu que não vai se abalar com o episódio e prometeu seguir firme no circuito assim que se recuperar totalmente. "Não tenho outra escolha a não ser olhar para a frente. Agora não importa para mim quanto tempo ficarei de fora, se será seis meses ou um ano. Mas, com certeza, quero retornar um dia e vou fazer tudo que for possível para voltar", declarou.

A polícia investiga o caso. De acordo com o porta-voz da polícia local, Frantisek Korinek, o agressor é um homem de cerca de 35 anos, com 1,80 m de altura, pele clara, olhos castanhos e cabelo curto. Ele fugiu do local e agora está sendo procurado pelas autoridades.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.